HOMICÍDIO

Ação de vândalos em Bequimão-MA, causa morte de líder quilombola

A tragédia aconteceu na noite desta sexta-feira (11), na comunidade quilombola Ariquipá

Vândalos retiraram tábuas de uma ponte que liga a comunidade Ariquipá na noite desta sexta-feira (11), ocasionando a morte do líder quilombola morador do povoado. Carlos Alberto Reis Macedo, de 47 anos era representante do quilombo onde morava e acabou sendo vítima desse ato criminoso ao voltar da sede do município para casa na madrugada deste sábado (12). Ele voltava de um compromisso em sua moto, quando caiu no riacho com o veículo e veio à óbito no local.

Segundo informações de populares, foram retiradas várias tábuas da ponte e ficou um espaço muito grande no local. Sem saber, Carlos Alberto acabou caindo onde perdeu sua vida. De acordo com moradores, no momento em que Carlos Alberto foi para a cidade, a ponte estava em livre acesso para pessoas e veículos de pequeno porte. A Polícia Civil de Bequimão, tem por obrigação identificar os vândalos e puni-los no rigor da lei.

CARLOS ALBERTO DE ARIQUIPÁ

Carlos Alberto era um homem de luta, trabalhador, honesto, leal aos amigos e defensor dos trabalhadores rurais, mas teve sua vida ceifada ao cair de uma ponte voltando para sua casa na madrugada deste sábado, após vandalismo barato, simplesmente para fazer politicagem.

Como todo grande líder, Carlos Alberto foi candidato a vereador nas eleições de 2016 e obteve 315 votos, ficando na suplência. Este ano já havia confirmado aos amigos que concorreria novamente a uma vaga no legislativo municipal.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo