MARANHÃO

Banco Bradesco é acusado de maus tratos a idosos em Alcântara-MA

Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia de Polícia Civil da Cidade Histórica

Parece que a agência do Banco Bradesco, na cidade de Alcântara, perdeu a noção do certo e do errado e esqueceu que ainda existe lei em vigor no município. Segundo informações, há mais ou menos 2 meses, o número de reclamações sobre o péssimo atendimento na agência, tem aumentado e muitos clientes acusam a gerência sobre o descaso com os idosos alcantarenses.

As leis de Política Nacional do Idoso (Lei 8842/94), que garantem Prioridade no Atendimento às Pessoas com Deficiência, aos Idosos, Gestantes e Lactantes (Lei nº 10.048) dentro das agências bancárias, e o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741) que protege pessoas acima de 60 anos, são desrespeitadas na agência do Banco Bradesco na cidade de Alcântara, segundo denúncias.

necessário que o Ministério Público e a Defensoria Pública, tomem pulso para coibir esse tipo de abuso, que de acordo com denúncias, se tornou rotineiro na Cidade História e ninguém toma uma providência.

Segundo denúncia, o Bradesco sequer atende os idosos de forma prioritária, nem os com idade a partir de 80 anos. De acordo com informações, a vereadora Menca Pinho, esteve na agência no mês de abril, conversou com o gerente de plantão, que não foi muito cordial com a parlamentar. Após o diálogo entre o gerente e a vereadora Menca, o atendimento prioritário foi iniciado, mesmo o gerente sendo grosso, mas apenas de fachada.

Segundo um funcionário da Casa do Idoso, os idosos de 80 anos já estão tendo prioridade no atendimento no Bradesco, no entanto, o Banco não está atendendo no caixa do lado de dentro da agência, uma humilhação com quem já contribuiu tanto com o Brasil.

De acordo com depoimentos de clientes do Bradesco em Alcântara, os Cash sempre estão fora do ar, com problema no sistema o tempo todo. As filas são quilométricas e idosos esperam horas na fila, até a boa vontade da gerência.

Segundo fontes, os idosos chegam pela madrugada para enfrentar fila na agência, muito após percorrer 70 quilômetros de estradas vicinais. Já houve dia de saírem da agência por volta das 14h, expostos ao sol e chuva, numa falta de respeito.

De acordo com alcantarenses, a agência não disponibiliza de funcionário para auxiliar os idosos a retirar o dinheiro no Cash. Quem tem dado esse suporte são os funcionários da Casa do Idoso de Alcântara, que atende lá no dias de maior fluxo. Normalmente 25 de cada mês até o dia 09 do mês subsequente, os idosos sofrem com o péssimo atendimento e humilhação do Bradesco.

Outro agravante, é falta de manutenção dos Cash, tanto na estrutura, quanto em relação a reposição de dinheiro.

Segundo clientes, o banco está orientando os idosos a baixar aplicativo do INSS. Só que 99% dos idosos não tem habilidades com esse tipo de tecnologia e muitos, sequer dispõe de um celular com suporte para suportar um aplicativo. Por outro lado, a grande maioria mora na zona rural e sequer tem acesso a internet.

“Sabemos na realidade, que a pessoa idosa, principalmente da zona rural quase não faz uso de aparelho eletrônicos e acesso a internet no município ainda não está satisfatório”, descreveu a vereadora Menca Pinho, defensora da pessoa idosa e enfatizou que o atendimento do gerente atual é de má qualidade no que se refere ao trato. Há relatos de grosseria e péssimo atendimento.

De acordo com clientes do banco, que são maltratados semanalmente, a agencia precisa contratar funcionário para atendimento interno nos caixas e um auxiliar para o Cash.

REVOLTANTE

Na manhã desta quinta-feira (5/5/2022), a vereadora Menca Pinho registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia de Polícia Civil de Alcântara. Durante o registro, a parlamentar conversou com a delegada titular da DP e já acionou o Promotor de Justiça, Raimundo Nonato Filho para uma reunião sobre o caso.

Ainda nesta quinta-feira (5), Meca Pinho apresentou um requerimento verbal na Câmara Municipal de Vereadores de Alcântara, solicitando Audiência Pública, onde serão acionados a Defensoria Pública, Ministério Público, Conselho Municipal da Pessoa Idosa, Casa de Apoio ao Idoso, Promotoria Estadual do Idoso, Prefeitura de Alcântara e Câmara Municipal.

O município de Alcântara por meio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Fazenda, pode cassar o Alvará do Banco. Outra coisa, pode ser a criação de uma lei municipal, que impute muita ao banco e ao gerente, em caso de descumprimento. Veja o vídeo da situação no Bradesco de Alcântara.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Um Comentário

  1. Tem que botar um gerente desse na cadeia pra criar vergonha na cara..somos nós que pagamos o salário deles com as cobranças abusivas de taxas.. todo ano publicam lucros bilionário devem impostos.. chega disso merecemos respeito por parte de todos esses bancos..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!