ARTIGO

Bolsonaro é o pai ou o filho da mentira?

Segundo a bíblia, em João 8:44, o diabo é mentiroso e portanto é o pai da mentira

O discurso do presidente Jair Bolsonaro em qualquer ocasião, mostra nitidamente que ele é mentiroso e pai da mentira. Como entre Bolsonaro e o satanás existe uma grande semelhança, fica uma dúvida: O Bozo é o pai ou o filho da mentira? Segundo a bíblia, em João 8:44, o diabo é mentiroso e portanto é o pai da mentira.

Durante transmissão na véspera de Natal, Bolsonaro em seu discurso chulo deixou claro que deseja que o “povo brasileiro se arme”, pois, segundo ele, “a vagabundagem já está armada”. Só que o mesmo Bolsonaro que defende armas nas mãos de brasileiros, foi assaltado por 2 pivetes no calçadão do bairro Tijuca, perdeu o relógio, a pistola, levou dedada e sequer reagiu. Se arma resolvesse o problema da insegurança e da violência, o covarde do Bolsonaro teria reagido e teria cancelado o CPF dos 2 marginais, que nem arma tinham no momento do assalto. Mas foi justamente o homem que o Brasil já conhece, medroso, mentiroso e frouxo.

Outra prova que arma não resolve a violência ou a insegurança no Brasil foi a milagrosa Fakeada do dia 06 de setembro de 2018, na cidade de Juiz de Fora-MG, onde Bolsonaro diz ter sido vítima de uma faca ao lado dos filhos, apoiadores e dezenas de policiais federais, todos armados de pistola. Ao invés de reagirem e matar o acusado, já que na teoria de Bolsonaro, bandido bom é bandido morto, aconteceu ao contrário, protegeram o marginal, como se fosse um cidadão de bem. Mais uma mentira que caiu por terra. Se fosse qualquer outro brasileiro com sangue nos olhos, teria matado o acusado na mesma hora, mas o machão do Bozo com seus filhos, preferiram proteger o marginal.

O posicionamento do presidente Jair Bolsonaro dentro da igreja, em praça pública, encontro internacional ou em qualquer lugar é apenas apologia de armas e violência, racismo e preconceito, além de mentir constantemente com o objetivo de desviar a atenção do povo, sobre as falcatruas cometidas por membros de sua família (filhos). É a famosa cortina de fumaça, desviando a atenção da mídia mediante crimes cometidos pelos filhos, que são investigados pela justiça.

Bolsonaro já não engana mais ninguém com seu discurso barato, fraudulento e criminoso. A prova disso tudo, foi o resultado das eleições 2020, quando foi humilhado nas urnas, tendo dificuldades para elege Carluxo, seu filho, vereador federal, que viu seu mandato escapar por triz no Rio de Janeiro. Onde Bolsonaro declarou apoio, o eleito disse não. Nem os ministros acreditam em seu discurso, apenas os tontos, ainda pregam o tirania do patrão para manter o emprego de R$ 30 mil reais mensal.

Por João Filho – radialista, jornalista, empresário e pesquisador maranhense.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo