CRÔNICAS

  • Era uma vez um presidente honesto, que enganou 57 milhões de trouxas

    Era uma vez um presidente da República honesto, que enganou 57 milhões de trouxas, incluindo pastores, padres, evangélicos e católicos, empresários, empregados e desempregados, políticos e não políticos, muitos desonestos outros investigados pela polícia e alguns até condenados. Com apenas um versículo da bíblia, o homem que foi batizado nas águas do Rio Jordão, por um pastor que está preso…

    Leia mais »
  • Sistema Político Paternalista em Alcântara-MA

    Por que todos ficam só querendo ganhar algo? Alcântara enquanto não se livrar desse Sistema de Política Paternalista, ficará sempre dependendo das doações filantrópicas – é preciso que as lideranças comunitárias viciadas nesse sistema, sejam renovadas e que o associativismo e cooperativismo virem uma realidade nas comunidades para que possam livrá-se do que os isolam em currais feito animais a…

    Leia mais »
  • Crônica: Idade Média?

    Passei quatro meses  sem sair de casa, sem assistir televisão, rádio e não paguei a internet. Meu cabelo e minha barba cresceram tanto que consigo fazer uma trança unindo os dois. Bom se fosse só o cabelo, porque não sei mais a diferença entre barriga e peito, não vejo mais meus pés. Depois de todos esses dias, resolvi acabar com…

    Leia mais »
  • Legado de horrores: Uma praça vai substituir uma maternidade!

    Era 09 de outubro de 2013, um dia de sol em São Luís. As bandeiras vermelhas tremulavam no céu ao som das bandas de fanfarras. Todas elas desciam em direção a Avenida Esteban Cento e Três, na Cidade Operária. Algo aconteceu neste dia, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior acompanhado de amigos, hoje alguns ex-amigos, deu uma festa para lançar a…

    Leia mais »
  • Momento de Reflexão!

    Sempre achei que a propósito de facilitar as trocas diretas, como eram praticadas em tempos idos, o homem criou a moeda sem perceber que acabaria por se ajoelhar aos pés do seu próprio invento. Então surgiu um fator novo nas intermediações de bens e serviços. As aquisições passaram a ser feitas por um valor estipulado em moeda e revendidas com…

    Leia mais »
  • Efeitos da Mistureba Ideológica

    Nada contra ser religioso e exercer um cargo político ao mesmo tempo. Mas quando alguém resolve colocar religião e política para bater no liquidificador, o resultado é uma gororoba que engorda o rebanho dos fiéis e emagrece as aspirações do povo que representa. E na “Terra de Santa Cruz” isso é tão comum quanto lamber os dedos depois de chupar…

    Leia mais »
  • Que futuro nos espera?

    Há que se entender o papel da Natureza. Para mim ela é uma espécie de Constituição Federal promulgada pelo nosso Criador com suas leis que regem o universo.  Partindo do pressuposto de que tudo no mundo é passageiro, sempre me perguntei como será o fim dos tempos e acredito que muita gente também se faça a mesma pergunta. Também é perceptível…

    Leia mais »
  • ALCÂNTARA- entidades repudiam ameaça de remoção das comunidades quilombolas

    O Sindicato dos Trabalhadores Agricultores e Agricultoras Familiares de Alcântara (STTR), o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Município de Alcântara (SINTRAF), a Associação do Território Quilombola de Alcântara (ATEQUILA), o Movimento de Mulheres Trabalhadoras de Alcântara e o Movimento dos Atingidos pela Base Espacial (MABE) e as instituições abaixo subscritas, cientes da Resolução nº 11 de…

    Leia mais »
  • Rádio & Literatura

    Um encontro entre a literatura e o rádio com base no gênero educativo-cultural. Esse foi um dos resultados da disciplina Produção e Direção de Programa de Rádio no primeiro semestre de 2019, no curso de Rádio e TV da Universidade Federal do Maranhão (Ufma). Ao longo da disciplina os estudantes leram várias crônicas do escritor Josué Montello e adaptaram trechos…

    Leia mais »
  • Crônica do avesso do mesmo lugar

    Luís Fernando Veríssimo nos ensinou que “a principal matéria-prima para a crônica são as relações humanas. O modo como as pessoas se amam, se enganam, se aproximam ou se afastam num ambiente social definido. Ou qualquer outra coisa”. Seguindo a lógica do genial escritor gaúcho, escrever crônica seria uma tarefa extremamente fácil, mesmo porque as relações entre as pessoas são exercidas…

    Leia mais »
Botão Voltar ao topo