POLÍTICA

Desacreditada por membros do Palácio dos Leões, Econométrica agora aponta espantosa liderança de Brandão

Em 2014, o mesmo Instituto deu vitória de Lobão Filho e foi taxado na época por Márcio Jerry de Nota de R$3,00

Já deu para perceber que as fake news criadas nos porões do Palácio dos Leões não surtiram efeito como o  esperado. Para isso, o Palácio dos Leões passou a adotar outro planejamento e contratar jornalistas, blogueiros e até mesmo um velho jornal conhecido do maranhense para fazer pesquisas mirabolantes, com números extremamente desconfiados, colocando Brandão na liderança. Na noite desta segunda-feira (25), nova pesquisa da Econométrica foi publicada pelos palacianos e os números foram alarmantes, colocando Brandão em uma liderança, que nem mesmo os aliados acreditam.

O Jornal O Imparcial, que agoniza há anos está se suicidando ao “contratar” e divulgar pesquisas nada confiáveis, como fez na noite desta segunda-feira, divulgando uma pesquisa de intenção de voto para o Governo do Maranhão realizada pelo Instituto Econométrica, que há 8 anos foi taxado por Márcio Jerry como algo de credibilidade de uma cédula de R$3,00. Leia como Márcio Jerry pensa da Econométrica.

O levantamento, registrado na Justiça Eleitoral com o número MA-08398/2022, aponta, estranhamente, liderança do governador Carlos Brandão (PSB) com 11% de diferença em relação ao segundo colocado, o senador Weverton Rocha (PDT). Os números mostram nitidamente que o Palácio dos Leões está com medo de enfrentar Weverton Rocha. Veja os números abaixo.

A pesquisa foi divulgada exatamente três dias após o Instituto Exata cravar que o pedetista lidera na preferência do eleitorado com 29% das intenções de voto, seguido pelo tucanosocialista, que marcou 27%.

CREDIBILIDADE DE UMA NOTA DE R$3,00

A Econométrica é a mesma empresa que, no dia 14 de agosto de 2014, divulgou levantamento apontando vitória do então candidato do MDB, Lobão Filho, sob Flávio Dino (PCdoB). Naquele ano, Márcio Jerry comparou a Econométrica com uma Nota de R$3,00. Já este ano, o mesmo Márcio Jerry comemora os resultados da Econométrica.

Na ocasião, o emedebista marcava 39,4% contra 38,8% do então comunista. Chegado o pleito majoritário de outubro, Dino venceu no primeiro turno e com quase o dobro de votos.

É preciso, caro leitor, dizer mais alguma coisa?

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!