ARTIGO

Independência do Brasil

Autor: Prof. Cipriano Assunção

O professor Cipriano Assunção, morador do povoado Paricatiua, escreveu um cordel para comemorar o 7 de setembro, data lembrada pela Independência do Brasil. Educador da rede pública de ensino estadual e municipal, Cipriano mostra através de palavras, a importância dessa data cívica aos brasileiros.

VEJA ABAIXO O CORDEL NA ÍNTEGRA:

  1. Quem descobriu o Brasil?
    Será que foi mesmo Cabral?
    Eles não eram os donos
    Mas se apossaram do local
    Não foi algo planejado
    Foi um fato acidental.

2. Quando Cabral chegou ao Brasil
Encontrou gente por cá
Eram os índios Tupis
Os reais donos do lugar
Mas os portugueses espertos
Resolveram se apossar.

3. Os índios foram escravizados
E a vegetação devastada
Cortavam o pau brasil
E a madeira era exportada
E a situação do Brasil
Era muito complicada.

4. Por muito tempo o Brasil
Foi colônia de Portugal
Esse período ficou conhecido
Como Brasil Colonial
E era a coroa portuguesa
Quem tinha o poder local.

5. Era o rei Don João sexto
Quem mandava e desmandava
Cobrava impostos altíssimos
Muito dinheiro arrecadava
E resumindo a história
Era só ele quem lucrava.

6. Muitas revoltas aconteceram
Fruto do descontentamento
Como a Revolta de Beckman
Oh tempo de sofrimento!
Até que D. Pedro I
Põe fim a esse tormento.

7. As margens do Ipiranga
Um brado então se ouviu
Era D. Pedro em seu cavalo
Sem nenhum temor servil
Foi assim que declarou
A Independência do Brasil.

8. Declarada a Independência
O povo logo sorriu
E as margens do Ipiranga
Um canto então se ouviu
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

9. Dia sete de setembro
É uma data festival
Dia em que o Brasil se livra
Dos domínios de Portugal
Morre o Brasil Colônia
E nasce o Imperial.

10. O Brasil Imperial
Foi bastante prolongado
Teve o Período Regencial
Primeiro e Segundo Reinado
Depois vem a nossa Republica
Tendo ele terminado.

11. Com o término do Império
Outro período se inicia
Foi o período republicano
Que tamanha alegria!
Agora os seus representantes
O próprio povo escolheria!

12. Com o direito de voto
Temos o poder na mão
Para escolher a pessoa
Que irá governar a nação
Tudo seria maravilhoso
Se não fosse a corrupção.

13. Com o regime republicano
Era para o povo ter vez e voz
Mas que independência é essa
Se são eles que decidem por nós?
Roubando os nossos direitos
E calando a nossa voz?

14. Mas nem tudo está perdido
O Brasil tem solução
O povo junto é bem mais forte
Temos o poder na mão
Vamos juntos dá um basta
Nessa tal corrupção.

15. De que vale a independência
Se não a uso de fato
Me corrompo por besteira
Vendo meu voto barato
Perco a dignidade
Isso é verdade, é fato.

16. Para quem é consciente
A liberdade já sorriu
Mas é preciso declarar
Longe vá temor servil
Para ver a Pátria livre
Eu vou lutar pelo Brasil.

Por Cipriano Assunção

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo