MARANHÃO

Mesmo sem remédio no Hospital do Câncer, Brandão coloca R$350 milhões nos cofres da Sinfra

Pacientes em tratamento de câncer estão pedindo socorro em rádios para tentar recer seus medicamentos pelo Estado

Atualmente temos 2 Maranhão: um da propaganda eleitoral de Flávio Dino e Carlos Brandão e outro real onde os maranhenses vivem. Na realidade, o Maranhão virtual, montado por marqueteiros, só existem em filmes de ficção. Já o real, onde os maranhenses vivem, pagam impostos, e continuam na pobreza, falta remédio no hospital do câncer, nos hospitais de alta complexidade, além da deficiência na saúde do Estado.

 Faltando 20 dias para a eleição de outubro, a gestão do governador e candidato a reeleição, Carlos Brandão (PSB), deixa faltar remédio aos pacientes em tratamento de Câncer, mas segue turbinando pastas estratégicas com recursos vultuosos, o que acaba despertando os maranhenses

Publicação disponível no Diário Oficial do Estado, do último dia 06 de setembro, atestou que, através de decreto, o tucanosocialista abriu novo crédito suplementar no orçamento do Estado em mais de R$ 100 milhões para a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra).

De acordo com o que foi informado, o crédito suplementar decorre do Excesso de Arrecadação referente ao Fundo de Participação dos Estados.

No mês passado, Brandão abriu um crédito suplementar em favor da Sinfra no valor de R$ 273.449.692,00.

Já Secid, dirigida por Joslene Rodrigues, esposa do deputado federal e candidato a reeleição, Márcio Jerry (PC do B), recebeu, também no mês passado, suplementação da ordem de R$ 40.801.399,00.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!