POLÍTICA

Na tribuna da Assembleia, Yglésio bate com “Pau D’arco” na moleira de Ricardo Cappelli

Deputado estadual deixou o carioca tonto e mostrou que não tem medo de agregado pau mandado

O deputado estadual Yglésio Moysés (PSB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para rebater ataques proferidos por Duarte Júnior e compartilhados no twitter por Ricardo Cappelli, após ele cobrar o pagamento do patrocínio do Campeonato Maranhense 2022.

Durante sua fala, Yglésio foi literalmente cirúrgico ao mostrar o péssimo serviço que Cappelli faz à frente da Secom, desagregando políticos e jornalistas, atrapalhando a gestão Brandão, assim como fez no governo Flávio Dino. O médico que também é presidente do Moto Club, falou que Cappelli lhe bloqueou no WhatsApp, como forma de evitar contato o também filiado ao PSB. Veja o vídeo baixo.

O secretário de Estado da Comunicação no governo Brandão e ex-presidente da União Nacional dos Estudantes, Ricardo Cappelli, natural do Rio de Janeiro, Ricardo Cappelli desembarcou no Maranhão em 2021 e, a pedido do ex-governador Flávio Dino, permaneceu à frente da Comunicação Institucional do governo de Carlos Brandão, apesar de ter perdido força com a retirada das suas mãos do setor de Articulação Política.

De acordo com o parlamentar, apesar de fazer parte da base do Palácio dos Leões, ele continuará cobrando o pagamento que, segundo ele, é um direito dos clubes e, cujo compromisso, deveria ter sido feito por Rogério Cafeteira com o aval de Cappelli, mas estão levando no banho Maria, sabe-se lá o motivo.

“Sujeito desse que veio sabe-se lá de onde. Tentou ser vereador no Rio de Janeiro e nunca conseguiu. Vivia em Ministério de Esporte com seu Orlando Silva, recebeu várias tomadas de contas especiais do TCU, junto com Orlando. E chega aqui no Maranhão querendo bancar de bom moço, o pai de todo mundo, não respeita deputado. Sujeito desse nunca conseguiu se eleger vereador. O que que ele acha que ele é?”, questionou Yglésio.

Yglésio finalizou batendo com “Pau D’arco” na moleira de Cappelli, mostrando que o chefe da Secom só atrapalha o governo Brandão. “Pare de atrapalhar o governador, secretário Cappelli. Quem está aqui na tribuna foi o primeiro deputado a subir para defender o nome do Brandão. Pague o Campeonato Maranhense. Pare de desagregar”, finalizou o deputado socialista.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!