BABADO DA SEMANA

Não acabou a Mamata: Padrinho de Casamento de Flávio Bolsonaro é nomeado Secretário de Esporte

O ministro Onyx exonerou o secretário do Esporte e nomeou o padrinho de casamento do senador Flávio Bolsonaro

Para quem ainda acredita que na política e no governo Bolsonaro havia acabado a “Mamata”, se enganou mais uma vez. No governo Bolsonaro nunca acabou a “Mamata”, pelo contrário, aumentou e consideravelmente. Cada ministro tem em média 22 secretários, uma espécie de vice-ministro. Os salários são altos e muitos não tem alguma serventia no cargo, apenas estão por amizade dos filhos de Jair Bolsonaro ou dos ministros.

Para agradar o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente da República Jair Bolsonaro, o ministro Onyx Lorenzoni exonerou o Secretário de Esporte, o general Décio Brasil do comando da Secretaria Nacional de Esportes, pasta subordinada ao Ministério da Cidadania, para nomear o padrinho de Casamento de Flávio Bolsonaro, Marcelo Reis Magalhães. Em dezembro, Magalhães foi nomeado presidente do Escritório de Governança do Legado Olímpico.

Segundo o blogue do Lauro Jardim, Décio Brasil foi chamado ao gabinete de Onyx e ouviu a justificativa de que a demissão não era por motivo pessoal mas, sim, porque o ministro necessita de uma pessoa de confiança no cargo.

O ministro da Cidadania fez novas mudanças na pasta um dia depois de demitir 11 funcionários que ocupavam cargos estratégicos de diretoria, assessoria especial e coordenação. No governo Bolsonaro, mesmo ele afirmando que os ministros e secretários são técnicos, as demissões são constantes a pedido de aliado ou dos filhos do Presidente.

Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close
Close