MARANHÃO

Pesquisa mostra que Weverton é o candidato com a menor rejeição

Weverton se mostra articulado, tem recebido inúmeras adesões e isso compacta ainda mais seu caminho rumo ao Palácio dos Leões

O período vai se afunilando e aos poucos as pesquisas de opinião mostram quem realmente tem mais garrafas para encher até dia 02 de outubro. Um exemplo simples de força e credibilidade perante aos eleitores é o pré-candidato Weverton Rocha (PDT), que segundo pesquisa Exata/TV divulgada na última sexta-feira (22), tem a menor rejeição entre os seus concorrentes.

De acordo os números da pesquisa, mais de 1.000 eleitores foram ouvidos, e apenas 16% disseram que não votariam no pedetista para o governo. O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), tem a maior rejeição (28%), seguindo pelo governador Carlos Brandão (PSB), com 20% de rejeição.

Realizada entre os dias, 12 e 17 de julho, o levantamento mostrou que Weverton lidera a disputa pelo Palácio dos Leões em todos os cenários. Na pesquisa estimulada, o senador tem 29% da preferência do eleitorado maranhense, seguido por Carlos Brandão, com 27%; Lahesio Bonfim (PSC), com 15%; Edivaldo Holanda, com 12%; Simplício Araújo (Solidariedade), com 2%; e Hertz Dias (PSTU), com 1%. O candidato do PSOL,
Enilton Rodrigues, não pontuou.

Também foram feitas simulações para o segundo turno. Em um confronto entre Weverton e Brandão, Weverton seria eleito com 42% das intenções de voto, contra 39% do governador. Em uma disputa entre Weverton e Lahesio, o senador também sairia vitorioso com 51% de preferência do eleitorado, contra 26% do ex-prefeito de São Pedro dos Crentes. Na disputa entre Brandão e Lahésio, o governador seria reeleito com 48% contra os 28% de Lahesio.

A pesquisa ouviu 1.475 eleitores e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo MA-00040/2022. A margem de erro é de 3,2% para mais ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.

Por Marrapá

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!