BABADO DA SEMANA

Três dias depois, Maçons instalam monumento que Edivaldo Júnior mandou demolir

Na briga entre o desrespeito e a religião, quem venceu a batalha foram os Marçons

Uma confusão envolvendo o monumento Universal da Maçonaria, derrubado de forma ilegal por agentes da Blitz Urbana, autorizado pelo atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior, no último dia 28, chegou ao fim com vitória dos Maçons mostrando que o Brasil é laico, mesmo o atual gestor sedo evangélico.

Nesta quinta-feira (31), membros da Maçonaria, de forma legal, reinstalaram o Monumento no KM 0 da rodovia federal BR-135, na saída de São Luís.

Em nota, Maurício Mendes Alves, Grão-Mestre da entidade no Maranhão, explicou que a retirada ocorreu de forma ilegal.

O representante da entidade também pôs fim a especulação de que o prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos), teria politizado o assunto e garantido o retorno do monumento ao local. “Não houve qualquer tratativa junto ao prefeito eleito para  reinstalação  do Marco Universal da Maçonaria no dia 02, conforme veiculado nas mídias sociais”, diz parte da nota.

Nas redes sociais e em São Luís, Maçons comemoraram a vitória contra Edivaldo Holanda Júnior, apontado como único responsável pela demolição.

Por Maramais

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo