NOTÍCIAS

Prefeitura de Palmeirândia torrando mais de R$3 milhões em combustíveis

Um posto dentro da cidade e outro em cidade vizinha fornecem combustíveis à prefeitura

As fraudes e desvios cometidos no fornecimento de combustíveis à diversas Prefeituras do Maranhão são cada dia mais comuns. E, por mais escusas que pareçam, algumas por vezes encontram amparo na execução contratual (procedimentos de liquidação e pagamento), mas em outras vezes, não. O Ministério Público do Maranhão precisa marcar colado. Caso contrário, é dinheiro público entrando e saindo por outros caminhos, muitas vezes não republicanos, como a Polícia Federal tem mostrado em suas constantes operações.

É claro que não vamos acusar ninguém, apenas alertar os órgãos fiscalizadores, como TCE-MA, MP-MA, CGU e Polícia Federal. Em alguns casos já denunciados aqui no G7, contratos são firmados por Prefeituras, onde a distância para abastecimento é muito grande, o que não compensa.

Em Palmeirândia, na Baixada Maranhense, o prefeito Edilson da Alvorada (REPUBLICANOS), precisa ser investigado pelo Tribunal de Contas, Ministério Público e Polícia Federa, já que vários contratos acabam deixado dúvidas.

A cidade de Palmeirândia tem pouco mais de 20 mil habitantes e conta apenas com três postos de combustíveis, agraciados com pagamentos oriundos dos cofres públicos. Um deles, o Posto Vitória, possui contratos que somam mais de R$ 1,2 milhão. Tem outros postos em cidades vizinhas que servem à Prefeitura de Palmeirândia. Os contratos são altos para a realidade do município.

Em Peri Mirim, por exemplo, o Posto Três Marias, localizado no Povoado do mesmo nome, que tem como proprietário, alguém muito próximo do prefeito Edilson, vai faturar este ano o valor de R$ 2.273.922,14 (dois milhões, duzentos e setenta e três mil, novecentos e vinte e dois reais e quatorze centavos). Veja abaixo.

Contratos com o posto Três Marias em Peri Mirim

O pior é que estes serviços acabam beneficiando, além claro das secretarias indicadas nos contratos, carros particulares de agentes políticos, servidores, parentes e os eleitoreiros de plantão: os amigos e apadrinhados do Chefe do Executivo Municipal. É algo muito comum, poucos prefeitos tem mão de ferro esse quesito.

A quantidade de notas fiscais e ordens de abastecimento, é grande, conforme apurado pelo Blog do Ruy Alberto. Confira abaixo algumas notas pagas ao Posto Vitória II, que fica localizado em Palmeirândia.

Foto Reprodução

Foto Reprodução

Foto Reprodução

Os gastos exorbitantes praticados pela Prefeitura de Palmeirândia coloca em cheque a transparência da gestão Edilson da Alvorada, que tem como padrinho político, o prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo.

Por Ruy Alberto

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!