ELEIÇÕES

Após ser preso no bairro Liberdade, Alan Kardeck deve responder processo na PF

Informações dão conta de que, Alan estaria fazendo boca de urna no dia da eleição no bairro Liberdade

Velho conhecido da Polícia Federal, o suplente de vereador pelo Avante, Alan Kardeck Ferreira Ribeiro, conhecido pela alcunha de Alan Kardeck, foi levado para a delegacia acusado de fazer boca de urna e compra de votos, mas após prestar depoimento, foi colocado na rua horas depois.

Arrolado nas investigações da Operação Sermão aos Peixes por desvio de dinheiro publico, Alan foi detido na manhã do último domingo (29), no bairro da Liberdade, por suspeita de compra de votos.

Na superintendência da Polícia Federal, o suplente que só obteve míseros 207 votos na disputa por vaga na Câmara de São Luís deu depoimento, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado. Minutos depois ele gravo um áudio dizendo que já estava na rua atrás de votos, como se não fosse proibido.

Alan Kardeck declinou de nomes, mas informou que o valor apreendido – algumas centenas de milhares de reais – seria utilizado para mobilizar apoiadores para campanha de boca de urna.

Aliado do candidato Duarte Junior, Kardeck aparece em fotos com o candidato do Republicanos e fala em nome do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL).

Por Leandro Miranda

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo