LUTO

Morre Jorge Picciani, ex-presidente da Alerj

Jorge Picciani era aliado fiel do ex-governador Sérgio Cabral

Jorge Picciani, ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), morreu na madrugada desta sexta-feira (14), aos 66 anos. De acordo com nota divulgada pelo MDB fluminense, que chegou a ser presidido pelo político, ele tratava um câncer há vários anos.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Picciani estava internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, desde 8 de abril.

O corpo será enterrado no Rio de Janeiro. Um dos filhos do ex-deputado postou uma mensagem em homenagem ao pai.

No Twitter, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), lamentou a morte do ex-presidente da Alerj.

Condenado em segunda instância por corrupção, Picciani foi alvo de operações como a Lava Jato e a Cadeia velha e chegou a ser preso e, por conta do câncer na bexiga, conseguiu ser transferido para o regime domiciliar.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo