LEGISLATIVO

Atendimento psicológico prioritário para crianças vítimas de abuso sexual é pauta do projeto de lei de Ribeiro Neto

Objetivo é minimizar as sequelas psicológicas que um abuso sexual pode deixar nas crianças

Crianças, entre 0 e 12 anos, vítimas de abuso sexual poderão ter prioridade no atendimento psicológico em toda a Rede Municipal de Saúde de São Luís. Essa é a proposta apresentada pelo vereador Ribeiro Neto (Patriota), por meio do Projeto de Lei nº 177/22.

O projeto segue em tramitação nas comissões de Justiça, Saúde e Assistência Social. Na justificativa, Ribeiro Neto destacou a relevância do projeto, tendo em vista os danos à saúde mental que um episódio de abuso sexual pode causar às crianças.

“Temos recebido relatos de casos de crianças vítimas de abuso sexual, que percorrem uma verdadeira peregrinação em busca de atendimento terapêutico psicológico na rede pública e precisam aguardar de 6 a 12 meses. As sequelas da violência contra a criança são profundas e precisamos priorizar o atendimento delas para reduzir os danos e tratar a saúde mental o mais rápido possível”, disse o vereador.

“Com esse projeto de lei, vamos fortalecer a comunicação e informação nos locais de atendimento da Rede Pública de Saúde Municipal, como forma de ampliar a atenção aos sinais de maus tratos e de violência contra o público infantil”, ressaltou o parlamentar.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!