POLÍTICA

“Cada um que responda pelos seus atos”, diz Bolsonaro sobre Temer

Jair Bolsonaro conhece muito bem como funciona a vida na política quando alguém comete crime

O presidente Jair Bolsonaro comentou, ao desembarcar em Santiago, no Chile, nesta quinta (21), a prisão do ex-presidente Michel Temer. “Cada um responde por seus atos. Lamentamos, mas cada um faz por merecer”.

Temer foi preso esta manhã em São Paulo pela força-tarefa da Lava Jato a mando do juiz Marcelo Bretas, e transferido para a Polícia Federal do Rio, na região portuária. Os agentes federais também prenderam o ex-ministro Moreira Franco e o coronel João Baptista Lima Filho, ambos amigos de longa data de Temer.

“O que levou a isso é a velha história do Executivo muito afinado com o Legislativo” disse Bolsonaro, que se elegeu com um discurso de “nova política”.

“Pelo que parece são acordos políticos dizendo-se em nome da governabilidade. Governabilidade a gente não faz com esse tipo de acordo, no meu entender. Faz indicando pessoas sérias e competentes para integrar o governo. Assim fiz no meu governo. Sem acordos políticos, respeitando a Câmara e o Senado”, completou o presidente.

A prisão de Temer teve como base a delação do empresário José Antunes Sobrinho, dono da construtora Engevix. O delator disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina a pedido do coronel João Baptista Lima Filho, de Moreira Franco e com o conhecimento do ex-presidente da República. A Engevix fechou um contrato em um projeto de construção da usina nuclear de Angra 3, que ainda não foi concluída.

Por Congresso em Foco

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo