NOTÍCIAS

Carta compromisso de Flávio Dino vira bilhete de comprar fiado

Dino desfaz acordo proposto por ele próprio e afirma que candidato ao Governo será escolhido em 2022

O governador Flávio Dino (PSB) desfez um acordo proposto por ele próprio, ratificado através de uma Carta Compromisso assinada pelo socialista e representantes de 15 partidos que o apoiam no último dia 05 de julho, no Palácio dos Leões.

Nesta sexta-feira (28), no município de Parnarama, ao ser questionado se apoiaria o senador Weverton Rocha (PDT) ou o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), ambos pré-candidatos ao Governo, Dino mais uma vez ficou em cima do muro e afirmou que o candidato do seu grupo só será escolhido ano que vem.

“Nós estamos em 2021. Nós só vamos decidir isso em 2022. Agora minhas agendas são exclusivamente agendas de trabalho, de obras, de benefícios para população. Em 2022 a gente vai tratar da eleição”, disse.

Pela Carta Compromisso proposta pelo socialista, ficou acertado que o nome do candidato de consenso do campo governista seria anunciado em novembro deste ano.

Na oportunidade, o governador e os presidentes de partidos também bateram o martelo acerca dos requisitos que irão balizar esta escolha, quais sejam possuir maior quantidade de apoios políticos e partidários; estar melhor colocado nas pesquisas quantitativas e qualitativas; e deter o compromisso de dar continuidade as ações do socialista de desenvolvimento do Maranhão.

Nos últimos dias, Flávio Dino, em pelo menos duas oportunidades, deu versões diferentes sobre o seu futuro político.

Primeiramente, admitiu que poderia permanecer no cargo até o fim do mandato objetivando comandar sua sucessão, escanteando, de forma especial, o projeto de Carlos Brandão.

Em seguida, afirmou que aceitaria ser candidato a vice-presidente em uma chapa encabeçada pelo petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Ainda em Parnarama, Dino também foi questionado sobre o futuro político do secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, que se filiou ao PT para concorrer ao cargo de deputado federal.

Nos bastidores, o governador trabalha o nome de Camarão para funcionar como uma candidatura de terceira via ao Palácio dos Leões.

“Felipe Camarão é um grande secretário. Ele tá pronto para exercer qualquer função pública”, comentou o ex-comunista.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!