BABADO DA SEMANA

Equatorial (Cemar) corta luz do prédio da Prefeitura de Peri-Mirim

O corte, segundo populares, se deu por falta de pagamento e acúmulo de dívidas

Na última sexta-feira, dia 29 de outubro, moradores da cidade de Peri-Mirim foram surpreendidos com uma ação negativa, mais uma na gestão do prefeito Heliezer Soares (PCdoB) à frente da Prefeitura. Além das inúmeras irregularidades na gestão, a falta de pagamento da conta de luz do prédio sede da prefeitura também foi cortada.

De acordo com informações obtidas pelo Portal G7, a dívida de energia elétrica da prefeitura acumulada nos últimos 10 meses durante a gestão do prefeito Heliezer Soares fez com que a Equatorial tomasse a atitude de cortar a energia do prédio da prefeitura.

Segundo fontes, contas de escolas, postos de saúde, secretarias e poços artesianos deixaram de ser pagas há meses. Com o corte da energia da prefeito, ascende-se um alerta vermelho, já que os próximos cortes podem atingir escolas, postos de saúde e poços artesianos.

Em contato com a Equatorial Maranhão, eles não quiseram se manifestar sobre o assunto, alegando que por ética, a empresa não fala sobre conta de seus clientes e nem o motivo do corte. Veja a Nota abaixo.

                                                                Nota de Esclarecimento

A Equatorial Maranhão esclarece que por questões de proteção e sigilo não informa publicamente sobre a adimplência ou inadimplência dos seus clientes.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo