NOTÍCIAS

Grana investigada pela PF pode ter ajudado Josimar eleger 40 prefeitos, entre eles Padre William

Padre William, aliado número um de Josimar Maranhãozinho, teve todo apoio desde a pré-campanha

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (9), a “Operação Descalabro”, que apura suposto esquema criminoso no Maranhão voltado ao desvio de recursos públicos, da área da saúde, por meio do direcionamento de licitações. Estima-se que a fraude pode ter gerado prejuízo de R$ 15 milhões aos cofres públicos.

O deputado investigado seria Josimar do Maranhãozinho (PL), que nas eleições de 2020 conseguiu eleger 40 prefeitos em sua sua sigla no Maranhão, o que deixa a polícia de orelha em pé. Entre os eleitos por Josimar, está Padre William, que foi candidato em Alcântara, concorrendo através de uma liminar judicial, que já foi derrubada por unanimidade no TRF-1.

Em uma investigação iniciada pela Polícia Federal, quatro meses atrás, conseguiu-se não apenas constatar os desvios, como também acompanhar os saques e realizar o registro de áudio e vídeo da distribuição dos valores no escritório regional do parlamentar em São Luís.

A investigação corre em sigilo perante o Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a Polícia Federal, as provas contra Josimar são densas, entre elas filmagens e áudios em que fica evidenciado a entrega de altos valores no escritório do deputado Moral da BR.

Josimar Maranhãozinho é o maior apoiador da candidatura de Padre William (PL), eleito prefeito de Alcântara no último dia 15 de novembro, mas já teve o registro indeferido pelo Tribuna Regional Eleitoral (TRE-MA), na última segunda-feira (7), quando sofreu derrota por 6 a 0.

Segundo a Polícia Federal, todas as pessoas que receberam montantes de dinheiro oriundos de emendas parlamentares de Josimar Maranhãozinho estão sob investigação.

Com informações do site MaranhãoTV

Mostre mais

Aquiman Costa

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo (2015) e Pós-Graduado em Assessoria de Comunicação (2018), ambos pela Faculdade Estácio de São Luís.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!