BABADO DA SEMANA

No Maranhão membro de CPI visita possíveis investigados

É histórico membro de uma CPI visitar os possíveis investigados pela própria CPI

Sabe aquele provérbio, onde quem quer pegar galinha, não diz xô? Pois é, aqui no Maranhão, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi criada para investigar possíveis crimes cometidos por donos de Postos de Combustíveis, presidida pelo deputado estadual Duarte Júnior (PRB). Até ai, tudo bem. O problema é que o próprio Duarte, segundo circula na rede social, visita postos e conversa com proprietários, gerentes, mostrando claramente que essa CPI do Combustível vai dar em pizza.

O deputado e presidente da CPI, participou de fiscalizações, na manhã desta terça-feira (13), em postos de gasolina da Grande Ilha, acompanhado fiscais do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA). Duarte Júnior mostra que tem muita vontade, mas lhe falta experiência para conduzir uma CPI, que já morreu na casca há muito tempo e ele não não descobriu.

O deputado Duarte disse que um dos objetivos é verificar se as normas federais estabelecidas pelo Inmetro estão sendo cumpridas. Ele entende que é importante para saber se o valor que o consumidor paga é condizente com o produto oferecido e o preço praticado. Só que ninguém avisou Duarte, que após a visita de quem estaria investigando, as provas podem ser mudadas.

Será que, se Duarte Júnior estivesse investigando o crime organizado, ele também teria coragem de visitar os possíveis marginais, mesmo sendo presidente de uma CPI? Tem algo errado nessa história. Ou Duarte não conhece os trâmites de uma CPI, ou está muito empolgado e quer de qualquer jeito mostrar serviço. Que ele tem boa vontade, todo mundo sabe, mas deu mole nessa ação. O Inmeq-MA poderia ter feito a fiscalização e Duarte só pegaria o laudo. Mas preferiu está presente e os comentários não são tão positivos e confiáveis.

Fotos: Reprodução

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo