BABADO DA SEMANA

PM Gabriel Monteiro: o pau que bate em chico, não bate em Francisco

O policial e youtube Gabriel Monteiro usa de uma tática para comover os cariocas

Em abril de 2019, políticos de esquerda organizaram um evento na Câmara do Rio de Janeiro em homenagem à Revolução Cubana, com a presença de cônsules cubanos. O policial militar Gabriel Monteiro, de 26 anos, youtuber e integrante do MBL, foi lá para provocar os participantes.

Sem autorização prévia de ninguém, ligou a câmera e começou a fazer perguntas para quem passava por ali, fingindo buscar um debate saudável, mas com o intuito claro de conseguir uma boa treta para engrossar as visualizações do seu canal no YouTube. Bem, você conhece o modus operandi de um youtuber do MBL.

Depois de muitas provocações escamoteadas de perguntas sinceras, a equipe de segurança da Câmara pediu para que ele se retirasse. Ele se negou e continuou intimidando os presentes. Um dos seguranças, que é coronel da Polícia Militar, tentou colocar o soldado para fora à força, mas o vereador Tarcísio Motta, do PSOL, impediu, temendo que ele fosse agredido. Gabriel então continuou ali buscando o agravamento do conflito que criou. A tensão foi aumentando e finalmente o youtuber conseguiu o que queria: foi colocado pra fora aos tapas e pontapés.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo