DESTAQUE

Professora Claudete Ribeiro recebe Medalha “Mãe Andresa”

A homenagem foi autoria do Coletivo Nós (PT). Essa foi a primeira vez que a medalha foi criada

A professora Claudete de Jesus Ribeiro foi homenageada com a Medalha do Mérito Legislativo “Mãe Andresa”, em cerimônia na Câmara Municipal de São Luís, nesta quinta-feira (19). A condecoração foi proposta pelo Coletivo Nós (PT), por meio do Decreto Legislativo 045/21 e reconhece mulheres negras que prestam serviços relevantes à sociedade.

A Medalha do Mérito Legislativo “Mãe Andresa” foi entregue pela primeira vez nesta cerimônia. Criada pelo então vereador Batista Botelho, a condecoração faz menção às mulheres negras que tiveram grandes feitos e realizações para a sociedade, em diversas áreas.

“Não poderíamos deixar de reconhecer a professora Claudete de Jesus Ribeiro, esta mulher de notória relevância à sociedade ludovicense, maranhense e brasileira, sendo destacada com grande importância e benefício do bem comum, sempre com empenho em suas atuações. Não tivemos dúvida em conceder a ela esta homenagem”, pontuou o co-vereador Jhonatan Soares.

Sobre a homenageada, o co-vereador destacou que ela tem relevância na construção, dialogo, sensibilização e efetivação, junto ao poder público, nas políticas públicas aos negros, quilombola, ribeirinha, indígenas, moradores da periferia, jovens e mulheres.

A atuação dela se dá há pelo menos 30 anos, frente à gestão de medidas socioeducativas, de políticas de igualdade racial no Maranhão, atuando nas periferias, além de ser professora universitária e pesquisadora.

O ex-vereador Batista Botelho ressaltou a importância da concessão da medalha criada por ele. “É muito gratificante ver que esta homenagem está sendo concedida a uma personalidade que muito merece e me alegra fazer parte deste momento. A professora Claudete Ribeiro é uma grande referência para as mulheres, para a população negra, para o Tambor de Mina e para a sociedade ludovicense e maranhense. Representa luta, força e resistência. É um exemplo a ser seguido”, frisou.

A homenageada declarou sua satisfação e emoção com a referência a seu nome. “Agradeço pela amorosa presença de todos e por esta honrosa homenagem. Sinto grande emoção pela lembrança do Coletivo Nós a meu nome. Com a atuação em diversas frentes e sempre tendo no caminho as lutas da população negra, me sinto lisonjeada pelo reconhecimento que recebo agora e agradeço a todos que me proporcionaram esse momento”, destacou.

A solenidade foi conduzida pela co-vereadora Eunice Che Guevara. Compuseram a mesa, as co-vereadoras do Coletivo Nós, Raimunda Oliveira e Flávia Almeida; a juíza da Segunda Vara da mulher, Lúcia Helena Heluy; a diretora e conselheira do Centro de Cultura Negra do Maranhão, Maria de Lurdes Siqueira; e a coordenadora titular do Grupo de Mulheres Negras Mãe Andresa, Vinólia Andrade.

Homenageada 

Claudete de Jesus Ribeiro é natural de São Luís e nasceu no dia 21 de maio de 1940. Desde a juventude participou ativamente do movimento das Girlguides, chamado no Brasil de Bandeirantismo, e dos movimentos de educação comunitária. Assim, descobriu a vocação para a docência.

Desde aluna das graduações de Geografia e História já lecionava em várias s escolas de São Luís. A conclusão do curso de Direito fortaleceu mais o desejo de continuar a atuar na educação. Após a aposentadoria da UFMA exerceu cargos na gestão estadual, na área da educação, assistência social, trabalho e emprego, direitos humanos; cultura e igualdade racial.

Referência  

A Medalha do Mérito Legislativo “Mãe Andresa” faz referência à sacerdotisa do Tambor de Mina maranhense, Andresa Maria de Sousa Ramos. Mãe Andresa nasceu em Caxias, em 1854 e faleceu em 1954. Foi uma grande sacerdotisa do Tambor de Mina Jeje, culto aos voduns do Maranhão.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!