NOTÍCIAS

Quem manda no Maranhão: Ilson Mateus ou Flávio Dino?

Flávio Dino é apenas o governador do Maranhão, já Ilson Mateus, o dono dos supermercados

O que o empresário Ilson Mateus, dono do grupo Mateus de supermercados tem feito de errado durante a Pandemia do Covid-19 e nenhum órgão fiscalizador tomou uma providência, parece que ele também manda no governador Flávio Dino. Dentro dos estabelecimentos de Mateus nada é respeitado. Funcionários trabalhando sem os equipamentos de prevenção ao Covid-19, clientes lotando as dependências dos mercados e ninguém do Procon vê isso. Incrível!
Para temperar ainda mais o descumprimento de regras, Mateus tem mudado os preços das mercadorias a cada dia. Tudo no Mateus teve aumento, algumas mercadorias com até 100% de aumento. Uma exploração do povo maranhense em um período que só se fala em Isolamento Social. Mesmo assim, o Procon não toma nenhuma medida protetiva ou punitiva. É como se Mateus fosse protegido pelo Governo do Maranhão.
O deputado estadual Zé Inácio usou a rede social para denunciar essa atitude criminosa da rede de supermercados Mateus, que, que desde a explosão da pandemia de Covid-19 no Estado, vem fazendo o que bem quer, como se fosse o dono do Maranhão e não tivesse leis no Estado.
Segundo o deputado Zé Inácio (PT), Mateus está impedindo seus clientes de parcelar suas compras nos cartões de outros bancos, bandeiras e redes que não estejam vinculados ao supermercado dele. De acordo com o deputado petista, existem relatos de clientes sobre essa restrição que estaria sendo implementada durante os primeiros 20 dias de cada mês, onde o Mateus se recusa a aceitar outros métodos de pagamento parcelado de crédito, que não sejam referentes aos seus cartões.
“O Mateus Supermercados é a maior rede de produtos alimentícios do Estado do Maranhão, razão pela qual deve ter responsabilidade social para com o povo maranhense. A postura de impedir o parcelamento de compras em cartões de crédito que não sejam da bandeira da sua loja é um risco às famílias maranhenses, posto que essa atitude demonstra o descompromisso com a situação momentânea do país, além de configurar um evidente abuso contra os consumidores”, disse Zé Inácio.
A rede de supermercados Mateus precisa recuar dessa decisão criminosa em não parcelar compras em cartões de outras bandeiras, uma vez que sempre disponibilizou aos clientes tais medidas de parcelamento de compras.
Segundo Zé Inácio, ele vai pedir providências aos órgão de controle, Procon e Ministério Público do Consumidor, para averiguar as denúncias, afim de evitar esse abuso que está sendo praticado contra o direito do consumidor maranhense.
É bom ressaltar, que Mateus, Caema e Cemar são imunes aos olhos do Procon, o que parece muito estranho ao povo do Maranhão, que vê uma proteção às empresas e um descaso com os consumidores por parte do Procon-MA. É hora de agir ou então abrir a porteira para todos!
O povo do Maranhão gostaria muito que o governador do Maranhão, Flávio Dino se manifestasse sobre o assunto, já que a população elegeu ele, não Ilson Mateus. Parece que Dino não pode falar sobre essa imprudência do empresário mais querido do Palácio dos Leões.
Mostre mais

Artigos Relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!