MARANHÃO

Servidores de Peri-Mirim foram ameaçados caso não participassem de ato político

“Quem não for vai se dar mal” ameaçou o secretário da gestão de Heliezer Soares por meio de um áudio

Em Peri-Mirim, na Baixada Maranhense, a gestão impopular, do prefeito Heliezer Soares (PCdoB), passou a ameaçar servidores públicos, muitos com salário em atraso. Segundo um áudio que circula nas redes sociais e grupos de WhatsApp, quem não participasse de um evento promovido pelo prefeito com representantes do Governo do Estado, poderia se arrepender.

O evento teve a participação do Secretário-chefe da Casa Civil, Sebastião Madeira, que levou ao município, várias ações do Governo do Estado, já que o prefeito Heliezer abandonou a cidade e a população desde o início de seu governo. Devendo todo mundo, inclusive servidores e fornecedores, Heliezer tem dificuldades para reunir 50 pessoas em um evento na cidade.

Um dos secretários de primeiro escalão da gestão Heliezer Soares, identificado como Geraldino, foi bem claro ao repassar um possível recado enviado pelo prefeito Heliezer aos servidores. “Eu acho que quem não for vai se dar mal, pelo que eu vi ele falando, quem não for vai se dar mal, e mal feio pra depois não está chiando pelos cantos. Do jeito que eu vi o prefeito hoje, ele disse que não vai mais agir pelo amor, ele vai agir pela dor mesmo, pela razão”, ameaçou o secretário. Ouça o áudio ameaçador.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!