POLÍTICA

Aluísio Mendes toma Republicanos de Cléber Verde e adia Braide nomear novo secretário da SEMDEL

Com entrada do deputado Aluísio no Republicanos, prefeito Eduardo Braide retardou nomeação de indicação de Cléber Verde

Após mais de duas semanas sem secretário, a SEMDEL, que era comandada pelo professor Ricardo Diniz desde janeiro de 2020, exonerado após Eduardo Braide negociar a pasta com o Republicanos, deve continuar por mais alguns dias sem secretário, principalmente após a imprensa anunciar a chegada do deputado Aluísio Mentes ao partido.

Nesta quinta-feira (1/12) o partido Republicanos trocou de comando no Maranhão por determinação do presidente nacional, deputado federal Marcos Pereira, que arrancou a legenda das mãos de Cleber Verde para colocar nas mãos de Aluísio Mendes, que estava no PSC, mas deixou a sigla após anunciar fusão com o Podemos.

A mudança repentina na direção do Republicanos, partido que tem ligação com a Igreja Universal, afeta diretamente o posicionamento da legenda nas eleições vindouras de 2024 em diversas cidades maranhenses, sobretudo, na capital, que deve perder os 2 vereadores e mais uma dezena de filiados, na grande maioria aliados de Cléber Verde.

Ainda no comando de Cleber Verde, o Republicanos havia fechado acordo em apoiar o projeto de reeleição do prefeito Eduardo Braide (PSD) e chegou ter como bonificação a promessa de nomeação do professor e sociólogo Romário Barros para a Secretaria Municipal de Desportos e Lazer de São Luís (SEMDEL), que chegou a ser anunciado e apresentado em substituição ao ex-vereador Ricardo Diniz (União Brasil), mas até agora não foi nomeado.

Sem o comando de Cleber Verde, que ficou enfraquecido, Aluísio Mendes é quem vai dizer para qual palanque o Republicanos irá nas eleições de 2024. Mesmo sendo amigo de Braide, dificilmente a legenda irá acompanhar o atual prefeito de São Luís.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo