BABADO DA SEMANA

Após abandonar rodovias estaduais, Flávio Dino oferece ajuda a Bolsonaro para recuperar rodovias federais

O governador do Maranhão pediu empréstimos para recuperar as rodovias estaduais, mas pelo visto as vias vão permanecer com as crateras

O comediante Flávio Dino, também conhecido por Governador do Maranhão, após abandonar as rodovias estaduais, usou sua rede social para defecar com os dedos ao oferecer ajuda ao governo federal para recuperar as rodovias federais que cortam o estado. Na cara de pau, Dino esqueceu que pediu empréstimos com juros altíssimos, justamente com a promessa de investir na infraestrutura das estradas maranhenses que estão sucateadas, abandonadas, e causando prejuízos aos motoristas que trafegam por elas diariamente.

Logo Flávio Dino, que mal consegue tapar buracos nas MA`s do Maranhão. A MA 006 é um exemplo disso. O caótico trecho entre Balsas e Alto Parnaíba está intrafegável desde o governo Roseana, e Dino sequer teve competência para resolver a situação e facilitar o escoamento da soja produzida na região. É o Dino que oferece ajuda a Bolsonaro que não consegue concluir a Ponte Central-Bequimão, em obra desde setembro de 2016, que não consegue nem aumentar uma faixa da Jerônimo de Albuquerque em São Luís. Quer te aparecer, Dino? Me compre um bode….

Sem ir muito longe para buscar outro exemplo de estrada abandonada por Flávio Dino, está a MA-106 que liga o Porto de Cujupe em Alcântara ao município de Nunes Freire, que foi sinalizada por Clayton Noleto, mesmo estando esburacada. Quem trafega por essa via encontra dificuldades, tem como brinde prejuízos e ainda tem o desgosto de assistir a TV as propagandas enganosas do Governo do Estado.

Mas para virar manchete de portais pagos pela Secretaria de Comunicação do Estado, Flávio Dino tentou pautar os veículos chapa branca com essa pérola nas redes sociais. O ofício encaminhado ao ministro Tarcísio Freitas, mas parece um script para comédia. Os bolsonaristas que passam pelas rodovias estaduais abandonadas por Flávio Dino devem rir da cara do ex-comunista até 2099.

É muita viagem por parte de Flávio Dino mediante situações das rodovias estaduais em situação precárias em todas as regiões do Estado. Alguém precisa dar o remédio tarja preta ao governador ou passar um óleo de peroba na lata dele.

O Maranhão, segundo a Confederação Nacional do Transporte (CNT em 2019), possui 58,4% das rodovias em estado ruim, regular ou péssimo. Dados analisaram mais de 4,6 mil quilômetros de extensões de vias estaduais e federais que cortam o estado. O levantamento da CNT aponta que o estado possui somente 7,5% de rodovias em ótimo e 34,1% em bom estado. O relatório leva em consideração as condições de sinalização, pavimentação, geometria das vias e os pontos críticos. A pesquisa analisou 24 rodovias em 6.873 km de extensões pavimentadas no Maranhão, sendo deste total, 3.165 km de vias federais e 3.708 de rodovias estaduais, transitórias e municipais.

Se a Confederação Nacional do Transporte voltar a fazer essa análise, muito mais rodovias estaduais estão péssimas, algumas até já perderam a característica de MA e já tem aparência de uma estrada vicinal abandonada, de tantos buracos e crateras. Mesmo assim, na cara de pau, Flávio Dino oferece ajuda ao governo Bolsonaro. Veja abaixo as rodovias citadas por CNT.

Fonte: G1

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo