SÃO LUÍS

Braide assina Ordem de Serviço para restaurar Fonte das Pedras

O Centro Histórico, principal área turística está largada às traças há anos

O prefeito Eduardo Braide assinou, na manhã desta sexta-feira (10), a Ordem de Serviço para a obra de estabilização e consolidação do Monumento Fonte das Pedras, no Centro Histórico. A intervenção será executada por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (FUMPH), no valor de R$366.919,46. Os serviços têm prazo de 180 dias para conclusão.

“A ordem de serviço assinada hoje para a obra de estabilização e conservação deste importante monumento histórico por meio da nossa FUMPH, significa resgatar a nossa história, nossa cultura e a nossa memória. A revitalização do nosso Centro Histórico já vem acontecendo. Já entregamos dois casarões para unidades de habitação de interesse social onde já são 22 famílias já moram no nosso Centro Histórico, além de uma série de restaurações a outros monumentos para que a gente deixe a nossa cidade cada vez mais linda e preservada. Hoje é a vez da Prefeitura intervir na Fonte das Pedras”, explicou o prefeito Eduardo Braide.

A Fonte das Pedras que é um bem cultural tombado pelo Governo Federal desde 12 de julho de 1963, e também parte integrante do conjunto histórico, arquitetônico e paisagístico do centro urbano de São Luís, e agora passará por serviços de recuperação de sua estrutura como parte das ações de preservação, conservação e revitalização do Centro Histórico de São Luís.

O projeto de estabilização e consolidação do Monumento Fonte das Pedras abrangerá os serviços de escavação no nível do solo para averiguar a situação da manilha (duto) de barro; escoramento das paredes e cúpula da bacia de captação das águas com orientação para o norte; restauração estrutural da cúpula norte com reposição de tijolos que estão deslocados e recomposição de argamassas; restauração estrutural das paredes da bacia norte, reposição de pedras deslocadas e recomposição de argamassas; análise laboratorial da composição da argamassa existente para que a recomposição do reboco novo seja adequado à estrutura; execução de reboco novo nas bacias e túneis que compõem a galeria subterrânea; pintura nova a base de cal em todo o complexo subterrâneo; e desobstrução do percurso das águas e limpeza geral.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!