FAMEM

Brandão assiste projeto de comandar a Famem ser desidratado pelo Republicanos

O governador do Maranhão em exercício não está obtendo sucesso ao pedir votos para Fábio Gentil

Interinamente com a caneta na mão, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, não tem demonstrado ser persuasivo na atração de prefeitos para a base de apoio à candidatura do prefeito Fábio Gentil para o comando da Famem.

Seguem as baixas no grupo comandado pelo vice-governador.

Desta vez foram os prefeitos de Milagres do Maranhão, José Raimundo; e de Paulino Neves, Raimundinho Lídio, que vieram à público declarar apoio à reeleição do prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, para presidir a federação dos municípios.

O Republicanos, partido que tem votado com Bolsonaro e cujo vice-presidente nacional é o vice-governador do estado, conseguiu eleger 24 prefeitos nas eleições de 15 de novembro do ano passado. Desde o encerramento do prazo de inscrição de chapas, o Republicanos vem perdendo musculatura, suplementada pelas promessas vãs feitas em Palácio por Brandão que certamente serão levadas à brisa.

Brandão aparenta cada vez mais ser tutelado pelo deputado investigado Josimar Maranhãozinho, um fiel escudeiro do bolsonarismo. Se depender das convicções políticas do vice-governador, o Maranhão em 22 será reduto da “mitologia” do atraso.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo