MARANHÃO

Caema de Flávio Dino coloca São Luís no pódio com o pior saneamento básico

Além de prestar um péssimo serviço à população, a empresa pública administrada por Flávio Dino, insiste nos mesmos erros

No Dia Mundial da Água, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) faz São Luís ficar entre as 20 cidades do Brasil com o pior saneamento básico. Foi o que mostrou o relatório divulgado hoje pelo Instituto Trata Brasil.

Água limpa e esgoto tratado ainda não são uma realidade para milhões de brasileiros. Na capital maranhense, apenas 49,65% da população é atendida, ou seja, mais da metade dos ludovicense não tem acesso à coleta de esgoto.

Somente 23 cidades brasileiras tratam mais de 80% do esgoto gerado, e este é o indicador mais desafiador até mesmo para os grandes municípios. São Luís atingiu apenas 22,23%.

Em todo o país, mais de 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água tratada em todo o país. Além disso, 100 milhões não têm coleta de esgoto. Ao mesmo tempo, apenas 50% do esgoto é tratado no Brasil, o que significa que mais de 5,3 mil piscinas olímpicas de esgoto sem tratamento são despejadas na natureza diariamente.

Por Marrapá

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!