LUTO

Cantor Agnaldo Timóteo, morre aos 84 anos, de complicações da Covid-19

Grande nome da música romântica nacional, ele estava internado em hospital da Barra

RIO DE JANEIRO — Após ser internado no Hospital Casa São Bernardo, na Barra, no dia 17 de março, o cantor e compositor Agnaldo Timóteo morreu na manhã deste sábado, por volta das 10h45, em decorrência de complicações relacionadas à Covid-19, aos 84 anos.

“Temos a convicção de que Timóteo deu o seu melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações”, anunciou a família, em nota.

Timóteo tomou a vacina contra o novo coronavírus, mas os médicos acreditam que ele foi infectado no intervalo de tempo entre a primeira e a segunda dose. A família confirmou à GloboNews que ele foi internado três dias depois de tomar a segunda dose. Timóteo chegou a deixar a UTI na sexta-feira (19), mas não resistiu à infecção. Famosos lamentaram a sua partida.

Em 2019, o cantor passou 59 dias internado, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) no mês de maio.

Agnaldo sempre gostou de cantar. Na década de 50, o programa “Domingo é dia de folga”, de Governador Valadares, anunciava o “Curió de Caratinga” antes da entrada da voz poderosa, apesar de ainda adolescente, do jovem Agnaldo Timóteo. O artista, que na época trabalhava como torneiro mecânico, buscava ali o início de uma trajetória profissional — ou melhor, de um sonho que começara ainda na infância, em sua Caratinga natal, quando ele gostava de imitar vozes como as de Cauby Peixoto e Anísio Silva.

Leia mais AQUI…

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo