BABADO DA SEMANA

Carlos Brandão finge não saber que Ricardo Capelli persegue jornalistas e radialistas no Maranhão

O vice-governador do Maranhão parece que está aprendendo as teses de hipocrisia de Flávio Dino

No dia da Liberdade de Imprensa, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, usou suas redes sociais para lembrar da data. O que Brandão não lembrou ou finge que não sabe é que o secretário de Comunicação do governo Flávio Dino, se tornou o maior perseguidor de jornalistas e radialistas nos últimos 6 meses no Maranhão. Ricardo Capelli tem usado seu poder de secretário para oferecer verba publicitária em troca de demissões ou retirada do ar de programas jornalísticos opinativos, que criticam o governo comunista, segundo revelou uma fonte do Portal G7.

Em sua publicação na rede social, Carlos Brandão usou palavras bonitas em favor da imprensa, mas fingiu que não sabe das perseguições de Ricardo Capelli aos comunicadores críticos ao governo comunista. “Em tempos de fake news a Liberdade de Imprensa deve ser preservada, diante das investidas contra os profissionais de comunicação”, descreveu Brandão.

Seria bom se a Liberdade de Imprensa fosse realmente respeitada pelo Palácio dos Leões, incluindo Carlos Brandão, Flávio Dino e o secretário Ricardo Capelli, que tem realizado um verdadeiro caças às bruxas nas emissoras maranhense. Se fosse algum integrante do governo Bolsonaro que estivesse fazendo isso, Flávio Dino já teria reagido. Mas como as perseguições são de um comandado seu, o silêncio fala mais alto.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo