POLÍCIA

Cliente folgado xinga motoboy de “vagabundo”

As agressões aconteceram após motoboy se recusar entrar em condomínio em São Luís

O entregador Thyago Mendes, de 20 anos, filmou o momento em que foi xingado de “vagabundo” por um cliente após se recusar a subir até o apartamento para “completar” a entrega. O caso aconteceu no último domingo (19) no condomínio Jardim Eldorado, em São Luís.

O caso viralizou nas redes sociais, após o profissional compartilhar o triste episódio na internet. “Esse cliente costuma pedir toda semana, toda vez eu levo até o bloco dele. Só que ele não quer descer do bloco! Ele sempre quer pra eu ir andando até o bloco e ainda subir o décimo andar do apartamento dele”, diz na publicação.

No vídeo, Thyago é recebido com rispidez pelo consumidor. Irritado, o cliente argumenta que o motoboy “tem que fazer o serviço completo e o xinga de vagabundo”.

Thyago Mendes registrou um Boletim de Ocorrência (BO) online e está esperando as medidas cabíveis.

Mas afinal, o entregador é obrigado a entrar no condomínio?

Estabelecimentos, como restaurantes e aplicativos de entrega, podem escolher seus procedimentos, assim como os condomínios podem permitir ou não o deslocamento dos entregadores em suas áreas internas. Mas a categoria faz um apelo para os consumidores, a fim de que não lhes façam gastar mais tempo com as entregas, um tempo que custa dinheiro.

Por DifusoraOn

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!