EDUCAÇÃO

Coletivo Nós critica proposta de reajuste oferecido pela Prefeitura aos professores

Categoria ameaça entrar em greve por não concordar com reajuste de 5% oferecido por Eduardo Braide

O co-vereador Jhonatan Soares, representando o Coletivo Nós (PT), utilizou a tribuna na manhã desta segunda-feira, 28, para criticar a proposta de reajuste feita, pela Prefeitura de São Luís, aos professores da rede pública de ensino, em reunião com a categoria na semana anterior.

O parlamentar afirma que o Coletivo Nós, junto com outros parlamentares, o vereador Marcial Lima (Podemos), Paulo Victor (PCdoB), Concita Pinto (PCdoB) e Ribeiro Neto (PMN) reuniram-se com o sindicado dos professores, que informou que estava em mesa de negociação com a gestão municipal.

“Sabem qual foi a proposta que a prefeitura fez aos quase oito mil professores da rede municipal? Um reajuste de 3%, após muita argumentação a proposta subiu para 5%, para uma categoria que há seis anos não recebe reajuste mesmo sabendo que temos recurso para isso”, afirmou Jhonatan.

Ele chamou atenção ainda para a lei que regulamenta o uso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) que prevê que a prefeitura precisa utilizar o mínimo de 70% da verba, podendo chegar a 100% se houver necessidade.

“O orçamento do Fundeb este ano vai aumentar, a gestão passada chegou a utilizar 81% do recurso com a folha, atualmente nem 75% do orçamento é utilizado nesse mesmo sentido. Então por que oferecer um reajuste vergonhoso desses se sabemos que inevitavelmente a resposta será a greve?”, questionou.

Jhonatan concluiu apontando os prejuízos para a educação em virtude da pandemia da Covid-19, que segundo o co-vereador sequer podem ser mensurados até o momento. E defendeu a importância e a força da categoria durante o período, mesmo sem grandes incentivos por parte da gestão local.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!