LEGISLATIVO

Daniel Oliveira entrega Título de Cidadão Ludovicense a Dom Gilberto Pastana

Dom Gilberto Pastana é natural do Estado do Pará e mora em São Luís desde 2021

A Câmara Municipal de São Luís entregou, na manhã desta sexta-feira, 6, o título de Cidadão Ludovicense a Dom Gilberto Pastana, atual arcebispo da capital maranhense. A homenagem foi proposta pelo vereador Daniel Oliveira (PL).

O parlamentar iniciou os discursos da sessão solene e destacou que o título de Cidadão Ludovicense é uma das principais honrarias da Câmara. Ele também ressaltou que, por conta do momento que passamos e das dificuldades dos últimos anos, as pessoas precisam ainda mais de sua fé.

“Tenho certeza que Dom Gilberto tem a consciência de que a missão que lhe foi dada é muito mais do que comandar a arquidiocese de nossa cidade e de nosso estado. Fiquei muito feliz quando soube que Dom Gilberto iria assumir de fato essa responsabilidade, porque conhecemos a sua história de vida e a sua competência. Essa missão é árdua, mas Deus tem capacitado Dom Gilberto a cada dia”, disse Daniel Oliveira.

Dom Gilberto Pastana, ao se pronunciar na tribuna, informou que aquela foi a segunda vez que ele visitava a Câmara de São Luís. Na primeira oportunidade, no ano de 2015, ele estava acompanhando Dom Belisário, que na ocasião recebeu o título de Cidadão Ludovicense.

“Eu me recordo que estava sentado mais ou menos no lugar onde estou sentado hoje. Só que agora eu sou o homenageado. Quero do fundo do meu coração agradecer a todos os vereadores e a toda população de São Luís. Religiosamente falando eu abracei esta cidade no momento que fui apresentado para ser o novo líder desta igreja, abracei não só esta cidade, mas todo o estado”, disse Dom Gilberto.

Participaram também da sessão solene os vereadores Raimundo Penha (PDT) e Marlon Botão (PSB); as co-vereadoras do Coletivo Nós Flávia Almeida, Eunice Tchê e Raimunda Oliveira; o desembargador José de Ribamar Castro; e Alda Fernanda Sodré Bayma, presidente da Comissão da Liberdade Religiosa da OAB-MA.

Histórico

Dom Gilberto Pastana é natural do Estado do Pará. Estudou Filosofia na Universidade Federal do Pará e Teologia no Instituto de Pastoral Regional (IPAR). Ele também é mestre em Teologia Espiritual pela Faculdade Teresianum, de Roma.

Sua ordenação sacerdotal ocorreu em 27 de julho de 1985, na paróquia Cristo Libertador de Santarém, município localizado no oeste do Estado do Pará. Dom Gilberto ficou à frente da Diocese de Crato, no Ceará, e também foi bispo da Diocese de Imperatriz entre os anos de 2005 e 2016.

Durante seu ministério em Imperatriz, Dom Gilberto serviu ao Regional Nordeste 5 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) como referencial para a Liturgia, para as CEBs e os leigos.

Em 18 de maio de 2016, o Papa Francisco o nomeou bispo coadjutor da diocese da cidade de Crato, no Ceará. Sua apresentação aconteceu na Sé Catedral Nossa Senhora da Penha, no dia 17 de julho de 2016. Dom Gilberto exerceu o ofício de bispo coadjutor até sua nomeação como bispo diocesano, em 28 de dezembro de 2016.

Dom Gilberto foi nomeado no dia 2 de junho de 2021 depois do Papa Francisco acolher o pedido de renúncia, por idade, de Dom Belisário, que deixa a Arquidiocese de São Luís aos 75 anos.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!