BABADO DA SEMANA

Dirigentes do PTB de Roberto Jeferson recebem salários de até R$ 300 mil ao ano

A declaração foi feira pelo fundador do Partido Novo, João Amoêdo em sua rede social

O empresário e um dos fundadores do Partido Novo, João Amoêdo, usou as redes sociais nesta segunda-feira, (17), para denunciar que dirigentes partidários do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) recebem nada mais, nada menos que salários de até R$ 300 mil reais ao ano.

Na postagem o idealizador do Partido Novo faz uma ressalva que quem paga a conta é sempre o povo.

Aqui no Maranhão, o PTB tem como figuras de proa o deputado federal Pedro Lucas Fernandes e seu pai, o ex-deputado e pré-candidato a prefeito de Amarante do Maranhão, Pedro Fernandes.

Em âmbito nacional quem preside o PTB é o mensaleiro Roberto Jeferson, acusado no inquérito das fake news contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

PTB (Partido Trabalhista Brasileiro): dirigentes partidários recebem salários de até R$300 mil ao ano. E quem paga a conta é você.

NOVO: 316 dirigentes e nenhum recebe salário. São voluntários para construir um Brasil com mais oportunidades e menos privilégios.

Por Mário Carvalho
Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo