NOTÍCIAS

Enquanto Eduardo Braide surfa na onda da vacinação, hospital está sem insumos e médicos sem salário há 3 meses

A denúncia foi feita nas redes sociais pelo deputado estadual Yglésio Moyses (Pros)

O deputado estadual Yglésio Moyses (Pros) usou suas redes sociais para chamar a atenção do prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) para um assunto que vem afetando a rede municipal de saúde, principalmente, o Hospital Municipal Djalma Marques – o Socorrão I. Segundo Yglésio, o Socorrão II também passa por dificuldades na gestão de Braide.

De acordo com o parlamentar, a vacinação está andando rápido na capital maranhense, mas há grandes dificuldades em algumas unidades de saúde – como no Socorrão I. O que parece é Braide está surfando na onda da vacinação contra a Covid-19, mas esqueceu o restante da pasta.

“Atenção Eduardo Braide, a vacinação está andando rápido, mas há grandes dificuldades no Socorrão 1”, relatou o deputado em sua página na rede social.

Yglésio aproveitou o mesmo comentário para denunciar o atraso no salários dos médicos nefrologistas que estão três meses sem receber seus vencimentos. Além disso, ele também revelou que o hospital se encontra sem a solução (líquido) e cateteres para hemodiálise.

“Médicos nefrologistas estão com salários atrasados há 3 meses; Hospital sem a solução (líquido) para hemodiálise; Hospital sem cateteres de hemodiálise”, denunciou.

Segundo Yglésio, o descaso no setor de saúde do município, em meio a pandemia do novo coronavírus, está provocando a morte de pacientes com uremia, edema agudo, dentre outras causas relacionadas. Ele garantiu ainda que todas esses óbitos poderiam ser potencialmente evitados, se a saúde fosse priorizada como um todo.

“Resultado: pacientes morrendo no Socorrão 1 por uremia, edema agudo, dentre outras causas relacionadas, todas mortes potencialmente evitáveis. Fique atento, a Covid-19 é importante, mas a saúde precisa ser vista como um todo!”, concluiu.

Em nota a direção do hospital repudiou Yglésio, mas foi desmentida horas depois pelo deputado, que mostrou aos diretores que honra sua profissão e não está para brincadeira. Veja a nota abaixo.

DENÚNCIA DEU RESULTADO

“A chamada que fizemos ao prefeito Eduardo Braide pela manhã deu resultado: o grupo de nefrologistas teve pago um mês de salário e a direção do hospital chamou os profissionais pra ajustar os meses pendentes. Estão buscando os insumos pra continuar o serviço de hemodiálise”, descreveu Yglésio.

“Diante disso, outros colegas médicos, muitos ex-alunos meus, solicitaram que fizéssemos mais este pedido em relação a graves falhas de fornecimento. Quase não há antibióticos no hospital, o analgésico dipirona que custa pouco está muito escasso e medicações importantes pra pacientes graves estão também em falta na rede. Vou colocar a relação completa nos comentários. A tomografia e o aparelho de raio-x do hospital também quebrados”, acrescentou o deputado, que também é médico.

Em tempos de desinformação e pandemia, o blog do Isaías Rocha reforça o compromisso com o jornalismo maranhense, profissional e de qualidade. Nossa página produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Por Isaías Rocha

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!