BABADO DA SEMANA

Equatorial Maranhão muda data de vencimento de contas e fatura alto com juros e multas

Milhares de clientes estão sentindo no bolso a mudança drástica cometida pela Equatorial, que encontrou novo meio de lucrar

Apesar do aumento na taxa de energia elétrica, já a tal bandeira vermelha veio com um simples objetivo, enriquecer empresas fornecedoras de energia, já que não basta pagar pelo uso, ainda tem que pagar porque usou acima de determinadas quantias. No Maranhão, a reclamação é outra e muitos clientes estão chiando com novo método da Equatorial Maranhão de lucrar em cima de seus clientes.

A grande reclamação é a mudança das datas de vencimentos de pagamento da fatura. Em alguns casos, clientes que pagavam conta dia 23, passaram a pagar com juros, já que a Equatorial mudou a data de vencimento para dia 21, sem aviso prévio. E o pior, além de pagar juros, no mês seguinte, novamente a data de vencimento mudou, desta vez veio para o dia 19.

A grande questão é quando o cliente faz cadastro na Equatorial, que a empresa fornece datas para a escolha do vencimento, e mesmo se o consumidor não quiser essas datas opcionais, é praticamente obrigado a aceitar a data que ele dão como opção. Mas para lucrar em cima de clientes, a Equatorial muda as datas na conta, e quando o consumidor vai pagar, achando que está sendo bom pagador, a data já passou e vai ter que pagar multa e juro.

“Foi possivelmente uma maneira não tão republicana que a Equatorial encontrou para lucrar em cima de seus clientes. Imagina que um milhão de consumidores paguem juros por esse motivo, quantos milhões de reais a Equatorial fatura por mês? É uma falta de respeito com quem trabalha apenas para pagar suas contas e ainda precisa pagar juros, por um erro da Equatorial. A empresa precisa rever sua tática”, descreveu um consumidor do bairro Forquilha.

As reclamações são gerais, tanto em bairros de São Luís, quanto em povoados na zona rural de municípios maranhenses.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo