NOTÍCIAS

Estácio São Luís se cala após reitor agredir verbalmente entregador do Ifood e ainda silencia seus alunos

Será que o "riquinho" se achou maior que a Estácio ou tem costa quente aqui no Maranhão?

Já passou mais de 15 dias e a direção do Estácio São Luís ainda não se posicionou o respeito da atitude de Ismael Leite, Reitor da Unidade em São Luís, que humilhou um entregador de aplicativo na portaria do seu condomínio na noite do último dia 22 de janeiro na capital maranhense.

O caso ganhou repercussão na internet. Motoboys da capital até realizaram buzinaço em frente ao condomínio Farol da Ilha, onde o fato aconteceu e também em frente à faculdade, como protesto para o reitor se desculpar por sua atitude, mas nenhuma resposta foi dada.

Mesmo com toda mobilização, a instituição simplesmente escolheu abafar o caso, privando seus funcionários de falar da situação de humilhação, fechando os comentários nas redes sociais. Alunos da instituição se manifestaram em comentários de outras páginas, já que foram silenciados pela própria Estácio. Há relatos de que os alunos estariam se mobilizando para cobrar resposta da instituição pela situação envolvendo a figura do Reitor e da Faculdade.

Tanto alunos como motoboys ainda não tiveram um posicionamento da Faculdade que a menos de dois anos se tornou Centro Universitário. O que se observa é que a instituição cativa para si, personalidades como o reitor Ismael Leite, que não demonstrou interesse em pedir desculpa por sua atitude.

Acompanhe os comentários nas redes sociais feitos por estudantes e internautas:

A instituição de ensino deveria dar exemplo, demitir o reitor e publicar nas redes sociais sua manifestação contra esse tipo de atitude, seja lá de quem for. Mas a Estácio preferiu o silêncio, mostrando que apoia esse tipo de aberração… Veja os vídeos abaixo

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!