NOTÍCIAS

Ex-mulher do deputado Leonardo Sá foi exonerada após embolsar R$52 mil como funcionária fantasma da Assembleia

A grana, segundo fontes, seria uma espécie de "Mesada" dada pelo ex-marido Leonardo Sá

Dinheiro público continua sendo moeda de troca em gabinetes de deputados e vereadores deste Brasil de meu Deus. No Maranhão,  a ex-esposa do deputado estadual Leonardo Sá, estaria recebendo salário pelo gabinete do ex-marido, sem trabalhar. Segundo fontes, a grana seria uma espécie de “Mesada”, já que uma separação havia acontecido.

Segundo fontes bem posicionadas no Sítio Rangedor, após denúncia na imprensa maranhense, quando o escândalo veio a tona, Cristine Belloti Pires de Sá foi exonerada após receber R$ 52 mil dos cofres da Assembleia Legislativa do Maranhão sem trabalhar. Um espécie de funcionária fantasma no gabinete de Sá.

Cristine Belloti Pires de Sá teria sido nomeada pelo ex-marido em outubro de 2021 para um cargo com salário de R$ 17 mil. Mas com os descontos de impostos, Cristine recebia mensalmente R$ 13 mil líquidos.

A exoneração da agora ex-eterna namorada do deputado Leonardo Sá, como ele havia classificado durante Live em 2020, quando falou de seu relacionamento com Cristiane e confirmou que família é a coisa mais importante do mundo, mas logo depois trocou de mulher, foi publicada no Diário Oficial da Assembleia na última terça-feira (1/2).

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!