BABADO DA SEMANA

Ex-prefeita Cururupu deixa divida de quase meio milhão de energia elétrica

A comunista Professora Rosinha não pagava as contas de luz, achando que seria sócia da Cemar

A falta de compromisso com o bem público é uma bactéria que afeta milhares de gestores públicos em todo Brasil. No município de Cururupu-MA, região do Litoral Maranhense, a ex-prefeita comunista derrotada nas urnas, professora Rosinha (PCdoB), que levou uma surra humilhante do agora prefeito Aldo Lopes (PSB), deixou quase meio milhão em contas de energia espetadas para a nova gestão pagar.

O débito é de R$ 418.430,99 (quatrocentos e dezoito mil, quatrocentos e trinta reais e noventa e nove centavos), que Rosinha fingiu que não viu, certificando sua irresponsabilidade como gestora, já que nos últimos 4 anos, ela destruiu a cidade de Cururupu. A PREFEITURA DE CURURUPU-MA DIVULGOU NOTA. 

Além de não pagar as contas de energia, Rosinha deixou o mandato sem dinheiro no caixa para sanar a dívida.  O prefeito Aldo Lopes, agora vai ter que trabalhar firme para regularizar os débitos, e iniciar o atendimento ao público o mais breve possível. O MP deveria acionar a ex-prefeita, que foi um fracasso durante sua gestão.

A empresa Equatorial Maranhão (Cemar), responsável pelo fornecimento de energia elétrica, suspendeu o serviço de fornecimento de energia na Sede Administrativa da Prefeitura Municipal, na Rodoviária da cidade, entre outros órgãos municipais. Uma vergonha para quem tem vergonha!

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo