EDUCAÇÃO

Felipe Camarão apresenta regras para retorno às aulas na rede estadual

Com a vacinação de professores, a volta às aulas está cada vez mais próximo o Maranhão

O Secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão (PT), vem trabalhando na elaboração dos protocolos pedagógicos e sanitários que serão adotados pelas unidades escolares para a volta das atividades presenciais. O Governo do Maranhão anunciou o retorno às aulas nas escolas da rede pública estadual a partir do dia 2 de agosto.

“O reencontro da nossa comunidade escolar depois de quase um ano e meio distante por conta da Covid-19. Criaremos as condições necessárias e adequadas para que esse retorno seja seguro e tranquilo para todos”, disse Camarão em vídeo.

Nesta quinta-feira (22), a Seduc divulgou as “Diretrizes Pedagógicas para o retorno híbrido das escolas da rede estadual de ensino no Maranhão” e tem realizado uma série de debates com agentes e entidades educacionais para que este retorno às unidades escolares seja o mais seguro e adequado possível.

Na quarta-feira (21), a reunião liderada pelo secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, e equipe administrativa da Secretaria, foi com gestores e diretores de educação das 19 Unidades Regionais do Estado, momento em que foram apresentadas aos educadores tais Diretrizes Pedagógicas.

Durante a reunião, que aconteceu de forma virtual, Felipe Camarão enfatizou que o retorno das atividades presenciais nas unidades escolares públicas maranhenses acontecerá de forma gradual, iniciando pelas escolas com condições para a implementação dos protocolos de biossegurança. Dada a preocupação com a integridade física de estudantes e profissionais, o retorno ocorrerá no formato híbrido, intercalando momentos de atividades presenciais e não presenciais.

As Diretrizes Pedagógicas tratam ainda das orientações para a construção da rotina escolar – Plano Escolar, como podem ser melhor administradas as aulas híbridas em formato assíncrono e, principalmente, como acontecerá o acolhimento de toda a comunidade escolar, compreendendo estudantes, docentes e familiares.

Além dos debates com as instituições educacionais, a Seduc tem preparado materiais informativos e os denominados ‘kits Covid’, com itens de segurança, que estão sendo distribuídos a cada unidade escolar que retornará suas atividades no início de agosto.

Por Clodoaldo Corrêa

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo