LEGISLATIVO

Francisco Chaguinhas defende projeto que trata de ações à comunidade da Vila Valian

Segundo o parlamentar, a proposta traz políticas públicas que contribuem para o desenvolvimento das comunidades

O vereador Francisco Chaguinhas (Podemos) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na sessão desta quarta-feira (14), para tratar sobre projeto da Promotoria de Justiça Especializada em Fundações e Similares que beneficia moradores da Vila Valian e áreas do entorno. A proposta, que foi apresentada em evento realizado nessa manhã, traz políticas públicas direcionadas para essas comunidades.

“Tivemos a oportunidade de estar junto da Promotoria para conhecer este projeto e parabenizo a titular da Promotora, Doraci, pela sua sensibilidade e cuidado com as comunidades daquela área. Nos animou muito a fala da promotora, que deixou claro o futuro deste projeto e que não se trata apenas de uma promessa, mas é um instrumento para libertação e redução do sofrimento da comunidade da Vila Valian e das demais áreas em seu entorno”, pontuou Francisco Chaguinhas.

A proposta apresentada pela Promotoria teve como foco prestar maior atenção às comunidades e às suas demandas, a partir de propostas de políticas públicas direcionadas. Participaram ainda do evento de apresentação do projeto os vereadores Concita Pinto (PCdoB), Edson Gaguinho (União Brasil) e Gutemberg Araújo (PSC).

“A promotora foi muito feliz em destacar a importância destas comunidades, que muito contribuem para a cidade, com o pagamento de seus impostos, com suas sugestões, mas, que na ocasião da formação das políticas, são esquecidas, por isso, parabenizo a Promotoria pela iniciativa”, completou Chaguinhas.

Ele destacou a importância da maior participação dos vereadores da Câmara. “Foi muito importante a fala nossa e dos colegas vereadores.  A Câmara precisa contribuir e apoiar no passo a passo deste grande e importante projeto, que inicia pela Vila Valian, mas vai se estender a outros bairros de São Luís”, frisou.

O parlamentar citou medidas que podem chegar a essas comunidades e que dependem da ação do poder executivo, como limpeza, iluminação e pavimentação de vias.  “Os instrumentos públicos devem estar à disposição em encontros desta natureza. Hoje, tivemos o lançamento, mas, haverá mais encontros e esperamos a participação de mais colegas de parlamento”, concluiu Chaguinhas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo