FÁTIMA ARAÚJO

Frei Roberto Honorato é o mais novo cidadão de São Luís

O bequimãoense João Filho também recebeu a comenda

Em sessão solene realizada na tarde da última quinta-feira (13), no Plenário Simão Estácio da Silveira, a Câmara Municipal de São Luís tornou o Frei Roberto Honorato, cidadão de São Luís. A honraria foi proposta pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB). O radialista e jornalista bequimãoense João Filho também recebeu a honraria das mãos da Pequena Guerreira.

De acordo com o vereadora os dois profissionais têm forte atuação social e contribuem para o desenvolvimento da capital maranhense há anos. Por esses motivos eles atenderam os pré-requisitos exigidos para o recebimento da honraria.

O Frei Roberto Honorato é natural da cidade de Godofredo Viana – MA. O reverendo veio estudar em São Luís e atualmente desempenha suas atividades em favor da população, em especial à comunidade assistida na Capela Conventual Menino Jesus de Praga. Já João Filho é natural de Bequimão-MA, e mora na capital há 26 anos onde desempensa um tranbalho social através do jornalismo.

A cerimônia foi presenciada por autoridades, amigos, parentes dos homenageados e foi transmitida ao vivo no YouTube da Casa do Povo. Além de Fátima Araújo, a solenidade teve a presença dos vereadores Chico Carvalho, Tiririca do Maranhão e Jearlyson Moreira.

TÍTULO DE CIDADÃO DE SÃO LUÍS

Como vereadora da capital maranhense, Fátima Araújo tem a prerrogativa de indicar até três pessoas por vez para receberem o Título de Cidadão Ludovicense. O reconhecimento é direcionado a pessoas que deixaram sua cidade natal e, com residência no município de São Luís, de forma comprometida contribuem para o crescimento da cidade. Pessoas diferenciadas que empregam força, determinação e coragem para a realização de ações relevantes que suscitam a esperança de uma sociedade mais justa e uma população mais assistida.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo