BABADO DA SEMANA

Gabinete de Flávio Bolsonaro cheio de fantasmas

Seis ex-assessores de Flávio investigados pelo MP nunca tiveram crachá na Alerj

RIO DE JANEIRO – Pelo menos seis funcionários do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) nunca tiveram crachá nos anos em que ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Todos eles são investigados pelo Ministério Público do Rio no caso da “rachadinha” e também tiveram o sigilo fiscal e bancário quebrado por decisão do TJ do Rio de Janeiro.

No último domingo, o GLOBO mostrou a situação da professora Maria José de Siqueira e Silva e do vendedor José Procópio Valle, respectivamente, tia e pai de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro. Valle ficou lotado cinco anos lotado no gabinete de Flávio e Maria José, nove. Ambos nunca tiveram a identificação como funcionários. Flávio chegou a ter nove parentes da ex-madrasta no gabinete da Alerj.

Queiroz, o amigo da família

Fabrício Queiroz foi assessor de Flávio Bolsonaro por mais de dez anos Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close