POLÍCIA

Homem metido a “Bandidão” foi enfrentar polícia e dançou na bala

O caso aconteceu no município de Pinheiro durante troca de tiros com a Polícia Militar

Não é recomendado entrar em litígio com polícia para não virar notícia. Mas, no município de Pinheiro, localizado na Baixada Maranhense, um homem metido a “Bandidão” foi confrontar policiais militares, dançou na bala. Nesta quinta-feira (1º) por volta das 23h50, um homem identificado como Rafael, vulgo “Bandidão” de apenas 20 anos, morador da rua Cipriano Sá, no bairro  Vila Nova, em Pinheiro, morreu durante confronto com a Policia Militar.

A guarnição em rondas pela cidade foi acionada via rádio, informando que na Avenida Principal do bairro Vila Nova, estaria acontecendo uma invasão domiciliar, e que o indivíduo conhecido como “Bandidão” estaria armado e tentando contra a vida das vítimas.

Os policiais de imediato se deslocaram para o local onde foi informada que “Bandidão” já estaria em um matagal próximo. A PM iniciou buscas no bairro no intuito de capturá-lo. Ouvindo um disparo de arma de fogo, a guarnição se dirigiu em direção onde avistou dois indivíduos correndo com armas nas mãos e entrando nos fundos de uma residência.

No momento do desembarque da viatura a guarnição foi recebida à bala, que de imediato revidou a injusta agressão do marginal. Ao chegar nos fundos da residência, os policiais encontraram o acusado “Bandidão” caído ao solo com a arma do lado.

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)  foi acionada para prestar socorro, onde levou o acusado até o hospital Municipal Dr. Antenor Abreu, onde o médico de plantão confirmou o óbito do acusado.

Segundo a Policia Militar, o acusado é conhecido pela prática de vários crimes como: assalto, roubo, furto, arrombamento, e por possuir características violentas.

Agora “Bandidão” vai prestar contas com o “Capiroto” e esperar o julgamento final…

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo