ELEIÇÕES

Instituto Exata exagera nos números para o Senado

Na eleição que até defunto assinou pesquisa, agora o exagero são nos números que chagam a espantar os eleitores

O Instituto Exata-Mente ao dizer que entrevistou 1.400 pessoas nas 217 cidades do Maranhão em 4 dias. O outro exagero não foi a soma dos números que chegam a 200%, foi simplesmente o crescimento dos afilhados de Flávio Dino e a queda de todos os demais adversários para tentar ludibriar a mente do eleitor. Uma das façanhas nesta eleição, é que o Jornal Pequeno, que vende almoço para comprar janta, está pagando pesquisas a cada 24h no Maranhão.

Vejam os números:

Eliziane Gama (PPS) – 27%

Weverton (PDT) – 25%

Lobão (MDB) – 24%

Sarney Filho (PV) – 22%

Zé Reinaldo (PSDB) – 18%

Alexandre Almeida (PSDB) – 10%

Preta Lu (PSTU) – 3%

Samuel Campelo (PSL) – 2%

Saulo Pinto (PSOL) – 1%

Saulo Arcangeli (PSTU) – 1%

Iêgo Bruno (PCB) – 1%

Branco/Nulo/Indeciso – 66%

Observem que nesta pesquisa todo mundo caiu, apenas os dois candidatos do Palácio dos Leões subiram assustadoramente. Muito estranho! Nada mais espanta nesta eleição já que até uma defunta assinou pesquisas no Maranhão em 2018. Será que a morta não gostava de Eliziane e Weverton?

Eliziane passou de 18% para 27% das intenções de voto (subiu 9%) e Weverton subiu de 20% para 25% (crescendo 5%). Ambos aumentaram a intenção de votos além da margem de erro, de 3,3 pontos para mais ou para menos. Algo jamais visto na política do Maranhão. De acordo com o Instituto Exata, mudança ocorreu no período em que começou a propaganda eleitoral. A pesquisa anterior tinha sido divulgada em 26 de agosto, antes do início do horário eleitoral na TV e no rádio. Os números não mentem, apenas o estatístico mentiu na caruda.

De acordo com o novo levantamento feito entre segunda (10) e quinta-feira (13), Lobão Filho (MDB) oscilou de 25% para 24%. Sarney Filho (PV) foi de 24% para 22%. Zé Reinaldo (PSDB) passou de 20% para 18%. Alexandre Almeida (PSDB) tinha 11% e agora tem 10%.

Preta LÚ (PSTU) foi de 4% para 3%. Samuel Campelo (PSL) tinha 3% e agora tem 2%. Saulo Pinto (PSOL) passou de 2% para 1%. Saulo Arcangeli (PSTU) e Iêgo Bruno (PCB) mantiveram 1% cada.

Fazendo um cálculo bem rápido é fácil descobrir um erro grotesco que não justifica a subida do leoninos. Os 5% que Weverton subiu são as somas das perdas de Lobão 1% + Sarney Filho 2% + Zé Reinaldo 2%, o que não justifica a migração desses votos em nenhum cenário. Por outro lado Eliziane subiu 9%, em um cenário em que 66% dos 1.400 entrevistados votam Branco, Nulo ou ainda estão indecisos. Uma pesquisa feita com calculadora científica comprada nas lojas dos chineses.

Brancos, nulos e indecisos agora são 66%. Antes, eram 69%. Nessa conta, a soma total dá 200%, já que o eleitor vota em dois senadores neste ano.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o número MA 09907/2018 e ouviu a opinião de 1.400 eleitores em todo o estado entre os dias 10 e 13 de setembro. A margem de erro é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Quem acreditar nesta pesquisa pode levantar o braço!

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close