FÁTIMA ARAÚJO

Lei de autoria de Fátima Araújo instituiu Programa de Acolhimento a mulheres no pós-parto

De acordo com o novo dispositivo, mulheres que estejam no período de pós-parto, devem ser assistidas

A vereadora Fátima Araújo (PCdoB) conseguiu criar mais uma lei que versa sobre a política pública para saúde das mulheres. O Projeto de Lei nº 008/2023, foi sancionado pela Prefeitura de São Luís e virou a lei municipal nº 7.543, no dia 17 de janeiro deste ano. De acordo com o novo dispositivo, mulheres que estejam no período de pós-parto, devem ser assistidas com rodas de conversas, com debates acerca de temas psicossociais, além de receberem atendimento integral com o seu recém-nascido.

O PL deve ser desenvolvido pela Secretaria de Saúde de São Luís. O Programa Municipal de Acolhimento às Mulheres no pós-parto (puerpério) tem como diretrizes: realizar a avaliação das condições de saúde da mulher e do recém-nascido; orientar e apoiar a familia para a amamentação; orientar os cuidados básicos com o recém-nascido; avaliar interação da mãe com o recém-nascido; identificar situações de risco ou intercorrências e conduzi-las; e orientar o planejamento familiar.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo