POLÍTICA

“Não faz referência a uso de banheiros”, diz Brandão sobre Lei contra discriminação sexual

Bolsonaristas com ajuda de "evangélicos", aproveitaram para espalhar fake news nas redes sociais

O governador Carlos Brandão (PSB) recorreu as redes sociais, nesta sexta-feira, para tentar desfazer uma confusão estabelecida após a sanção de uma lei estadual que obriga estabelecimentos comerciais do Maranhão a afixarem em suas entradas placas informativas chamando a atenção para a proibição de discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero.

O tema levantou polêmica após comerciantes divulgarem áudios tratando sobre dúvidas referentes, por exemplo, a como proceder sobre o uso de banheiros nestes estabelecimentos, por exemplo.

Na avaliação destes comerciantes, em um banheiro de um shopping center barrar a entrada de um homem que se considera mulher, ou de uma mulher que se considera homem, também poderia configurar como ato de discriminação.

De acordo com o governador, a Lei sancionada por ele não faz referência ao uso de banheiros. “Sancionei uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa que proíbe discriminação de orientação sexual ou identidade de gênero. A lei não faz qualquer referência a uso de banheiros”, afirmou.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo