OPINIÃO

O oportunismo de João Dória e Flávio Dino na vacinação de crianças

O Brasil está jogado às traças com esses políticos oportunistas eleitos pelo povo

É incrível como o brasileiro não aprendeu a vota e ainda elege políticos oportunistas, que usam o dinheiro público para fazer propaganda política em plena pandemia de Covid-19, onde mais de 600 mil brasileiros morreram, simplesmente por esse abuso cometido por gente como João Dória Júnior (governador de São Paulo), Flávio Dino (governador do Maranhão e Jair Bolsonaro (presidente da República). Nessa briga, os mortos e feridos são justamente os que pagam impostos e financiam altos salários e mordomias para essa gente sem compromisso e covarde.

Bastou as vacinas contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegarem ao Maranhão, que o governador Flávio Dino (PSB), ao invés de agilizar a entrega aos municípios, muitos distantes da capital maranhense, foi logo iniciar vacinação apenas para tirar foto e postar nas redes sociais. Flávio Dino quer tirar vantagem política na imunização de crianças contra a Covid-19. Em São Paulo, o governador João Dória fez a mesma coisa, até parece que foram colegas de turma na mesma escola política. Uma vergonha para quem realmente tem!

 

Curiosamente João Dória e Flávio Dino são adversários e críticos do presidente da República, Jair Bolsonaro. Os três se colocar no liquidificador e tentar montar um, ainda sim faltaria as partes mais importantes de um ser humano: cérebro e coração. Os dois governadores para tentar assanhar a bactéria venenosa de Bolsonaro e dos bolsonaristas, montaram estruturas para buscar holofotes com o início da vacinação contra a Covid-19, nas crianças entre 05 e 11 anos em seus estados. Vacinação é responsabilidade dos municípios, não do estado, como tem acontecido essa politização do imunizante, onde todos querem tirar proveito, enquanto brasileiros morrem.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a postura de João Dória, com razão, que depois foi copiado pelo governador Flávio Dino. Enquanto o brasileiro continuar elegendo gente como João Dória Júnior, Flávio Dino, Jair Bolsonaro, Lula, Sergio Cabral, Renan Calheiros, Fernando Collor e tantos outros políticos oportunistas, o país vai continuar penando, sofrendo e o brasileiro passando fome em meio a tantas riquezas. O imunizante está sendo pago com o dinheiro do povo, não de gestor A ou B.

O Plano Nacional de Imunização (PNI) criado pelo Ministério da Saúde, deixa bem claro que a competência dos governos estaduais não é a de vacinar, mas sim de receber do Governo Federal as doses e distribuir para os seus municípios. No entanto, alguns governadores, como Doria e Dino, de maneira bem oportunista, montam uma estrutura em busca de uma mídia a mais, usando os brasileiros e a vacina comprada com dinheiro dos brasileiros.

Após o ministro da Saúde descer o pau em Dória, Flávio Dino se doeu e saiu em defesa do governador de São Paulo, dizendo que Queiroga teria “agredido” o governador paulista. Se falar a verdade for agredir, realmente a coisa começa a complicar definitivamente no Brasil, como bem escreveu o jornalista e radialista Jorge Aragão em seu blogue.

Dino já usou essa mesma estratégia na imunização contra a Covid-19, criando um tal Arraial da Vacina, atrapalhando dezenas de prefeitos do interior, atrasando a entrega de doses, simplesmente para abocanhar uma fatia da mídia sobre vacinação. Depois, Flávio Dino começou a dificultar a entrega das doses para prefeitos adversários, colocando a vida dos maranhenses em risco, simplesmente por ego.

Até o bom desempenho da gestão Eduardo Braide em São Luís na vacinação contra Covid-19, incomodou Flávio Dino, que iniciou esse tal arraial da vacinação em cidades pequenas, com cobertura da imprensa paga, buscando mídia no interior. Em Alcântara Flávio Dino esteve lá com sua comitiva para pegar uma lasquinha da mídia, já que o município foi o primeiro do Brasil a concluir a vacinação de adultos acima de 18 anos com a primeira dose.

Portanto, João Dória e Flávio Dino foram e são oportunistas, usam o povo para aparecer na mídia, fingem ser do povo, mas por trás tentam destruir a população com impostos altos. Os dois se merecem, por isso um defende o outro nas redes sociais!

Mostre mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!