BABADO DA SEMANA

Pescador nadou quase 20h até ser resgatado em alto mar

Um pescador maranhense nadou por 20 horas à deriva em alto-mar até ser resgatado

Um pescador maranhense mostrou que seu preparo físico está além do que ele mesmo imagina, ao passar quase 20 horas à deriva em alto mar – sem nenhum tipo de apoio. Francisco das Chagas dos Santos Pinto, de 45 anos, ficou boiando e nadando até ser resgatado pela tripulação do navio tanque Flumar Brasil. Segundo informações, ele percorreu quase 20 quilômetros do ponto inicial onde caiu de uma embarcação pesqueira na madrugada desta terça-feira (01), a 181 quilômetros da costa marítima de São Luís.

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos do Maranhão, resgatou Francisco na noite desta terça-feira. Assim que desembarcou em São Luís, nesta quarta-feira (02), Francisco das Chagas foi encaminhado para atendimento médico em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h).

Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias em que o pescador caiu da embarcação. A investigação deve acontecer em parceira com equipes da Marinha que atuam no Piauí, estado onde o barco pesqueiro “Ramon” é registrado.

BUSCAS

No início das buscas, foi emitido um alerta para embarcações que navegam na região para que ficassem atentas e que se deslocassem para o ponto onde a pessoa caiu na água, para apoiar as buscas. Foi instaurado um inquérito administrativo para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades pelo acidente da navegação.

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo